As Esganadas

Sempre gosto de fazer a resenha de um livro assim que termino a leitura, porém isso não aconteceu desta vez por um simples motivo, ainda não consegui me decidir se gostei ou não do livro. Esse foi o segundo livro de Jô Soares que tive a oportunidade de ler, logo, apesar de sentir um certo incomodo no começo pela forma “cruel” com que o mesmo retrata as gordas (irei utilizar a mesma nomenclatura da obra, até porque também acho “obesa” uma palavra pior) já esperava algo assim.

Não tenho o peso ideal e acredito que foi este o motivo dessa indecisão, algumas pessoas podem achar um tanto ofensivo, outras podem levar na brincadeira (assim como eu). Deixando de lado essa polêmica, o livro é muito bem escrito com personagens cativantes e uma dose certa de humor, durante toda a leitura é impossível disfarçar o sorriso que acaba se transformando em gargalhadas em alguns momentos. A trama é muito bem desenvolvida, assim como o nosso cruel assassino.

Apesar de se tratar de um drama policial, achei interessante o fato de não haver um mistério para nós leitores. Desde o princípio sabemos quem é o responsável pelos crimes, suas motivações e seu “modus operandi”. Isso foi uma grande surpresa, afinal a grande maioria dos livros deste gênero tendem a manter o mistério até o final, e convenhamos, isso é o fácil. Jô Soares fez o difícil, manteve a trama envolvente e interessante sem fazer o uso de tal artimanha.

Caronte, nosso serial killer é a personificação do cliché. Tendo um dos pais dominante, neste caso a mãe, que após engordar durante a gestação impôs ao filho uma dieta restritiva. Como se não bastasse se vingar da mãe, Caronte começa uma verdadeira caçada contra as mulheres acima do peso. Tobias Esteves era um policial em Portugal, foi afastado do cargo e veio construir sua vida no Rio de Janeiro, empresário bem sucedido, oferece seus serviços a policia local e acaba se tornando parte importante da investigação. Definitivamente um dos personagens que tive maior simpatia (será que por ele ser gordinho?).

O fato de ter uma pitada de humor no livro tornou a leitura prazerosa desde o inicio. Mas o fato de mesclar cenas e personagens de época tornou a leitura um pouco mais lenta, e em alguns momentos foi complicado continuar a leitura. Acredito que vocês já conseguiram entender os motivos para ainda não ter uma opinião definitiva sobre a obra, estou bem confuso e isso é pode ser visto como algo positivo, afinal não vou conseguir tirar o livro da cabeça até encontrar essa resposta, quando o fizer prometo vir contá-la para vocês.

Por Júnior Nascimento

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.