Se um Viajante Numa Noite de Inverno

Certa vez, eu li um livro e lá pela metade dele percebi que houve erros na encadernação, 271, 283, 272, 274…282, 284, 270 e, assim, num vai e vem consegui (felizmente!) entender a história. O livro estava completo, só um pouco desordenado. Ficaria realmente frustrada se, absorta já pela trama, descobrisse que do meio para o final a história fosse completamente diferente! Por essa mesma … Continuar lendo Se um Viajante Numa Noite de Inverno

O Anexo

“Como terá sido a libertação quando veio? Antigamente eu tinha uma imagem dela. O barulho dos passos na escada. A sensação do ar no nosso rosto e o badalar dos sinos. Todo num carrilhão – as palavras que Margot empregava. Na minha imagem, as folhas caiam sobre nós, feito confete, e erguíamos os braços no ar e caíamos no chão ou saltávamos no canal. Abraçávamo-nos … Continuar lendo O Anexo

As boas mulheres da China

Se eu fizesse uma lista dos cinco livros que mais gostei de ler ano passado (2017), com certeza As boas mulheres da China estaria entre eles. Não porque seja um livro lindo e encantador, pelo contrário, é um livro duro com verdades dolorosas. Porém, talvez seja esse choque de realidade dado por meio de uma ótima narração feita pela Xinran, que, além disso, nos coloca … Continuar lendo As boas mulheres da China

Sociedade Cruel – Porque Precisamos da obra Os Miseráveis

Enquanto, por efeito de leis e costumes, houver proscrição social, forçando a existência, em plena civilização, de verdadeiros infernos, e desvirtuando, por humana fatalidade, um destino por natureza divino; enquanto os três problemas do século – a degradação do homem pelo proletariado, a prostituição da mulher pela fome, e a atrofia da criança pela ignorância – não forem resolvidos; enquanto houver lugares onde seja possível a asfixia social; em outras palavras, e de um ponto de vista mais amplo ainda, enquanto sobre a terra houver ignorância e miséria, livros como este não serão inúteis.

Victor Hugo 1862

Há 155 anos atrás Victor Hugo escreveu a obra prima de sua carreira, levando a vidad e uma pessoa que cometeu um pequeno erro e como sofreu por toda vida por esse erro. Esse livro se chama Os Miseráveis.

A História de Jean Valjean relata como o sistema penitenciario corrompe os miseráveis e como o judiciário e a comunidade não permite aqueles que cometeram algum crime voltem à sociedade. Por onde Jean Valjean andava, era obrigado a mostrar um passaporte amarelo que informava que ele era um criminoso e havia sido solto. Por mais que Valjean se esforçasse e mostrasse isso, aquele passaporte o marginalizava. Continuar lendo “Sociedade Cruel – Porque Precisamos da obra Os Miseráveis”

Pois sou um bom cozinheiro

Pois sou um bom cozinheiro, da Editora Companhia das Letras, é uma obra criada pela família de Vinícius de Moraes. Contém fotos, histórias do músico, curiosidades e muitas receitas praticadas ou degustadas por ele. Sim, neste livro descobri que Vinícius não só somente era um apaixonado pela culinária brasileira, mas também cozinhava. Sou suspeita para falar sobre o poeta, porém ao ler este livro tive … Continuar lendo Pois sou um bom cozinheiro

Uma Vida em Cartas

Alguns escritores já foram tão lidos, comentados e estudados, que parece não haver mais nada de novo a dizer sobre eles. O curioso é que sempre há. Desde os clássicos mais antigos, até os mais contemporâneos, há sempre uma novidade em suas obras. É o caso de George Orwell. Ainda em vida e após sua morte, Orwell foi cercado de polêmicas sobre suas opiniões e seus … Continuar lendo Uma Vida em Cartas