As meninas, de Lygia Fagundes Telles

Lygia Fagundes Telles nasceu em São Paulo, em 1923. Amiga de escritores como Hilda Hist, Érico Veríssimo e Carlos Drummond de Andrade, Lygia começou a escrever desde cedo. Aos 15 anos, já tinha escrito seu primeiro romance, bem recebido pela crítica. Em entrevistas, a autora afirma que os textos que publicou quando mais nova, são apenas “juvenilidades”, ou seja, não devem ser levados a sério. … Continuar lendo As meninas, de Lygia Fagundes Telles

Desafio Literário: outubro – 2018: Octavia E. Butler

Oi, pessoas! Por mais atrasada que eu esteja, vou publicar sobre todas as leituras do ano passado e deste ano. Achei que seria possível terminar as publicações de 2018, no máximo, em abril, mas devido à minha realidade atual de estudar e trabalhar, foi impossível. Estou bem realista quanto à disponibilidade de tempo que tenho no momento, então não venho fazer promessas que não vou … Continuar lendo Desafio Literário: outubro – 2018: Octavia E. Butler

O eterno marido, de Fiódor Dostoiévski

Há um bom tempo eu não lia nada de Dostoiévski. Pra ser sincera, nem lembro qual o último livro do autor que eu li, mas acredito que tenha sido O crocodilo. Encontrei O eterno marido em uma promoção na Amazon para Kindle. Em abril, o livro estava de graça no site, mas aumentou drasticamente para 0,20 centavos. Isso mesmo que você leu. A trama deste livro … Continuar lendo O eterno marido, de Fiódor Dostoiévski

O Pomar das Almas Perdidas

Oi, pessoas! Estou de volta para, finalmente, falar sobre o livro O Pomar das Almas Perdidas, leitura de setembro do meu Desafio Literário: 12 livros escritos por mulheres negras para 2018. Na última publicação comentei sobre a escolha de inserir essa obra na minha lista e, como prometido, hoje vou contar minhas impressões após a leitura. O Pomar das Almas Perdidas é um livro que … Continuar lendo O Pomar das Almas Perdidas

Leia mulheres

Pensei em começar este texto de diversas formas. Me imaginei falando que os tempos são outros e as mulheres estão reivindicando o espaço devido à elas; também pensei em dizer que há décadas as mulheres lutam por direitos iguais aos homens; quase comecei afirmando a importância da militância feminista em todos os cenários sociais. Desisti de todas essas introduções e decidi começar o meu post … Continuar lendo Leia mulheres

Desafio Literário: setembro – 2018: Nadifa Mohamed

Oi, pessoas! Aqui estou, de volta com meu desafio literário: 12 livros escritos por mulheres negras para 2018. Sim, 2018. Já expliquei antes o porquê desse atraso. Então, se você ainda não sabe, peço que leia minhas publicações anteriores para entender e, assim, evito ter que explicar e pedir desculpas pela milésima vez. Falta pouquinho para terminar de publicar esse desafio, mas este ano as … Continuar lendo Desafio Literário: setembro – 2018: Nadifa Mohamed