Publicado em Literatura, Literatura Estrangeira, Principal

Prisão de ventre – Um conto de Gadi Taub

A primeira vez que Mariana percebeu que alguma coisa não estava bem com Daniel foi num sábado pela manhã. Nesse dia ele acordou cedo e se sentou na beirada da cama, olhando para fora. As cortinas do quarto não estavam totalmente fechadas, e lá fora parecia que ia chover. Fazia frio. Daniel passou a mão no cabelo. Durante alguns minutos ele ficou sentado imóvel. As pontas de seus pés encostavam no chão gelado. Havia silêncio na casa.

Uma hora depois, quando Mariana acordou, ela encontrou sobre a mesinha da sala pilhas organizadas de livros. No sofá havia uma mala aberta e ao seu lado roupas dobradas. Não havia nada dentro da mala. A porta para o jardim estava aberta e um vento fraco entrou na casa. Ela se aproximou para olhar lá fora e viu Daniel de pé na grama com o cachorro. Ele abraçava o animal, apertando-o contra o peito. As patas dianteiras e a cabeça do animal alcançavam seu ombro. Estava vestido com calças de veludo cotelê e um suéter. “O que aconteceu?”, ela perguntou. “Aconteceu alguma coisa?” Continuar lendo “Prisão de ventre – Um conto de Gadi Taub”

Publicado em Literatura

A Entrevista

Eu realmente não esperava nada desse livro, me neguei a ler algumas vezes (até porque não é meu tipo de literatura), mas compromisso assumido é sagrado (Clube do Livro Autêntica), então li. Não gostei, nem desgostei. Quase bobo, quase ingênuo, quase… e repetitivo.

O livro fala sobre a oportunidade que Tess Canyon encontrou de se vingar da empresa Diamond por ter demitido e difamado seu pai. Ao ver que havia uma vaga para assistente executiva, ela não pensou duas vezes em abandonar seu emprego e sua carreira para colocar em prática seu plano. Continuar lendo “A Entrevista”

Publicado em Literatura Estrangeira

Férias

Sabe por que eu adoro ler? Eu fujo da minha realidade, vivo um outro mundo e me transporto para outra realidade, para ser mais feliz como minha personagem, ou mais corajosa, mais séria; sofrer o que ela sofre, me imaginar na situação dela para ver como eu me sairia, se estaria tão bem como ela no meu “ The End”.

Sabe por que eu não gosto de ler? Porque as estórias acabam, e sempre nos deixam querendo mais, esperando “cenas do próximo capitulo”.

Tem uma autora em especial que me causa todos esses sentimentos variados ultimamente: Marian Keyes!

A escritora da minha vida, pelo menos parece que em alguns de seus livros andou me espiando pela janela, ou lendo meus pensamentos mais secretos (será que é só comigo? Duvido!!). Sou suspeita para falar, o primeiro livro que li foi Melancia, me apaixonei por Adam, me senti e me imaginei na pele de Claire e odiei James com todas minhas forças! Continuar lendo “Férias”

Publicado em Cultura, Literatura, Principal

A vida Noturna em um Shopping

Às 22 horas no Brasil é comum os shoppings fecharem suas portas. Os clientes vão embora e pouco depois os lojistas  pegam suas coisas e fazem o mesmo. Mas o que muitos não sabem é que o shopping nunca fica vazio: ele funciona 24 horas.

Muitos de nós temos esse sonho: passar a noite em um shopping, andando pelas lojas e brincando. Já vimos isso em filmes. A primeira vez que tive a oportunidade de viver isso foi em 2009. E mais mágico ainda, porque passei minha primeira noite (de muitas outras) dentro de uma livraria. Continuar lendo “A vida Noturna em um Shopping”

Publicado em Literatura, Principal

Sushi

A história mostra três mulheres completamente diferentes, com vidas diferentes, mas que de alguma maneira se cruzam para mudar suas vidas de uma vez por todas. Lisa é a chefe da revista Collen, onde Ashling irá fazer uma entrevista de emprego e Clodagh é sua melhor amiga. Três mulheres, cujas vidas estão interligadas, vivendo numa mesma cidade…

LISA EDWARDS foi jogada de paraquedas em Dublin, lançando a revista Collen, quando deveria estar vestindo Prada da cabeça aos pés e agitando em Nova York, pra onde deveria ter ido. Mas será que ela está infeliz? Bom, isso ela não diria por nada neste mundo.

Lisa é uma famosa e conceituada editora de moda de Londres, e espera a recompensa por todas as noites não dormidas, brigas , choros (de seus subordinados é claro!!) e o possível divórcio com seu marido perfeito, mas quando acha que só tem a subir, recebe uma proposta que aceita antes mesmo de poder processá-la. Continuar lendo “Sushi”