A História do Renascimento e seu marco literário

Conhecido como um movimento histórico e econômico, o Renascimento também se tornou um movimento intelectual e filosófico.   A partir do século XIV, a Itália se tornou palco de grandes mudanças. Com inspiração na Antiguidade Clássica, o Renascimento reformulou a vida medieval, e deu início à Idade Moderna. Ou seja, foi nesse momento em que se caracterizou a troca do feudalismo para o capitalismo.  Foi também um grande ciclo de

14a edição da Bienal de Curitiba será online

Inicia hoje, 29 de março, a Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba, disponibilizando acervo online até 31 de dezembro. Como todos os grandes eventos no país no último ano, a Bienal de Curitiba também estará com presença online em 2021. A diferença é o tempo de veiculação, serão nove meses com diversas atividades como palestras, entrevistas, exposições virtuais, lives  sobre artes visuais, arquitetura, cinema e, claro, literatura. “Enquanto aguardamos

A História do Barroco e seu Marco Literário

A história do movimento artístico Barroco surgiu na Itália entre o final do século XVI e início do século XVIII. Sua principal característica é a contradição.   Durante essa época, as pessoas estavam vivendo um período bastante conflituoso. Entre os movimentos existentes estavam a Reforma Protestante e a Contrarreforma. Para quem ainda não conhece:   Reforma protestante   Foi uma transformação religiosa onde houve a ruptura do Cristianismo no Ocidente.

Agostinho Neto – Um Revolucionário Angolano

Agostinho Neto é considerado um dos principais pensadores africanos que lutava contra a colonização dos países africanos.   Nascido na aldeia do Kaxicane, localizada região do Icolo e Bengo, a aproximadamente 60 km de da capital da Angola. Filho de um pai pastor e que também era professor da Igreja Metodista e, a sua mãe, era também uma professora. Com isso, Agostinho cresceu com influências de educação dentro de sua própria

Eu Sou Deus

Eu sou Deus (ed Intrínseca) é um thriller do italiano Giorgio Faletti sobre um assassino em série que deixa a cidade de Nova York em alerta. Assassinatos, explosões e nada que faça uma ligação entre as vítimas, deixa os policiais desorientados pela falta de um perfil psicológico desse assassino. A investigação acaba nas mãos de Vivien Light, uma detetive experiente que passa por diversos problemas pessoais. Ela terá a ajuda de

Colette

Não muito conhecida pelos brasileiros, a escritora francesa Colette maior nome feminino das letras francesas na primeira metade do século XX, mas precisou lutar contra seu próprio marido, que assinou as obras como se fossem dele.    Sidonie-Gabrielle Colette nasceu a 28 de janeiro de 1873, numa pequena aldeia da Borgonha, de nome Saveur-en-Puisaye. Da infância, ela guardou sempre uma memória feliz, influenciada pela figura da mãe, Adèle-Eugénie-Sidonie, a quem