O beijo e outras histórias

A partir de hoje, colocarei algumas resenhas e impressões de seis textos entre contos e novelas do Anton Pavlovitch Tchekhov ou só Tchekhov, como é mais conhecido. Estes pequenos textos estão reunidos no livro, O Beijo e outras histórias – Editora 34 – (272 páginas), tradução de Boris Schnaiderman. Coleção Leste Europeu. Em cada uma, acrescentarei um pouco da vida do autor e tradutor. Um dos … Continuar lendo O beijo e outras histórias

Terror

Primeiramente, ao leitor do Beco das Palavras, peço desculpas, pois o livro pertence a uma série e, quando veio à sugestão de livros para a resenha e fazer a escolha, entrei no site da Betrand, não percebi que era uma série e escolhi TERROR. Mas, com o olhar e atenção de uma livreira, creio que não deixarei o leitor na mão. Firmando uma posição de … Continuar lendo Terror

Clara dos Anjos

Apesar de serem considerados cansativos e complicados para aqueles que rejeitam as suas leituras, em nome dos mais propagandísticos e que figuram na lista dos mais vendidos, os clássicos, deveriam  estar no topo da preferência dos leitores vorazes, são leituras carregadas de informação sobre espaço e época de construção da personalidade de um povo. E vai uma dica, é possível e até mais prazeroso, intercalar … Continuar lendo Clara dos Anjos

Os Escritos Secretos

Quando uma literatura envolve sentimentos de cunho existencial, relações de perda e questões morais, haverá uma relação de um envolvimento maior por parte do leitor, afinal, o tempo em que se passa o romance, pode não ser o mesmo para o leitor, mas, as questões da vida cotidiana como, fazer escolhas e aprender a conviver com as suas próprias tragédias, são inerentes a vida de … Continuar lendo Os Escritos Secretos

Às Armas, Cidadãos

É amigos, em uma época em que o debate e o amadurecimento toma conta sobre a convergência da produção de conteúdo, em um momento em que, as redes sociais são utilizadas como o palco de produção de máscaras e ao mesmo tempo consideradas espaço público para às discussões e revoluções e a era do Campus Party, às vezes esquecemo-nos de parar e pensar como se … Continuar lendo Às Armas, Cidadãos

Garranchos – Textos inéditos de Graciliano Ramos

Foi PROVOCATIVA a minha escolha, foi PROVOCATIVA… pautada em duas questões, uma vez que, valorizamos em demasia o que não é nosso e, em tempo de constatação, cada vez mais sabemos pouco sobre nós, nossos escritores, nossas identidades. A outra motivação foi mergulhar na minha região. Sim, somos regiões divididas, precisamos buscar o conhecimento da parte e depois nos reconhecer como um todo, uma rica … Continuar lendo Garranchos – Textos inéditos de Graciliano Ramos