Home>Biografia>Conheça a trajetória de Eleanor H. Porter

Conheça a trajetória de Eleanor H. Porter

Criadora de Pollyanna, uma das personagens mais amadas da literatura, Eleanor H Porter trouxe a doçura e ingenuidade de ser criança às pessoas

 

Eleanor Emily Hodgman Porter  foi uma escritora e romancista dos Estados Unidos, mais conhecida pelas suas obras Pollyanna, de 1913, e Just David de 1916.

Por isso,  Eleanor é uma das romancistas do sexo feminino mais influentes dos Estados Unidos. Em vida publicou inúmeras obras, que variam principalmente entre romances e contos. Confira mais sobre a trajetória dessa importante escritora.

 

Biografia

Eleanor Porter nasceu em New Hampshire, nos Estados Unidos, no dia 19 de dezembro de 1868. Ela era a filha de Llewella francês e Francis Fletcher Hodgman. 

No entanto, pouco se sabe sobre a infância de Eleonor. Uma das informações é que, quando jovem, a escritora foi treinada como cantora. Ela chegou a frequentar o conservatório de New England por diversos anos.

No ano de 1892, Eleonor se casou com John Lyman Porter, de quem herdou o sobrenome, se mudando para Massachusetts. Foi nesse período que ela começou a escrever e publicar os seus contos e, logo depois, os seus romances.. 

 

Criadora de clássicos

As obras de Eleanor Porter são verdadeiros clássicos. A escritora escreveu muito durante a vida, se dedicando bastante à literatura. Eleanor escreveu principalmente livros para crianças, ficção romântica e histórias de ação e aventuras. 

Além disso, suas obras, mesmo que focadas no público infantil e juvenil, são clássicos para todas as idades. O seu romance mais famoso, por exemplo, é Pollyanna, publicado em 1913. Esse sucesso possui uma sequência, chamada Pollyanna Grows Up, lançada dois anos depois. 

Entre os seus romances adultos se encontram os clássicos The Turn of the Tide (1908), The Road to Understanding (1917), Oh Money! Dinheiro! (1918), Dawn (1919), Torre Escura de Keith (1919), Mary Marie (1920) e Sister Sue (1921); suas coleções de contos incluem Across the Years (c. 1919), Money, Love and Kate (1923) e Little Pardner (1926).

Por essa razão, as obras de Eleanor Porter eram bem diversas, saindo da literatura infantil para o romance adulto sem misturar as coisas. Isso faz de Porter uma escritora atemporal que conseguiu ser boa nos dois universos.

Por isso, Porter alcançou um bom sucesso comercial. A sua obra Pollyanna ficou em oitavo lugar entre os romances mais vendidos nos Estados Unidos no ano de 1913, e  em segundo no ano de 1914 e em quarto em 1915 (com 47 edições entre 1915 e 1920).

No entanto, esse sucesso só empolgou Porter, que também teve Just David. outro grande clássico, ficando em terceiro lugar no ano de 1916. O seu livro The Road to Understanding ficou em quarto lugar em 1917; e Oh Money! Dinheiro! ficou em quinto lugar em 1918. Confira alguns de seus romances publicados:.Correntes cruzadas (1907).

 

Trabalhos

Esse sucesso só consagrou Eleanor Porter como uma das maiores romancistas do sexo feminino estadunidense. Confira todos os seus romances:

  • A virada da maré (1908)
  • A História de Marco (1911)
  • Miss Billy (1911)
  • Decisão da Srta. Billy (1912)
  • Pollyanna (1913)
  • The Sunbridge Girls no Six Star Ranch (1913)
  • Senhorita Billy Casada (1914)
  • Pollyanna Grows Up (1915)
  • Just David (1916)
  • The Road to Understanding (1917)
  • Oh, dinheiro! Dinheiro! (1918)
  • The Tangled Threads (1919)
  • Dawn (1919)
  • Mary Marie (1920)

Além dos romances, que foram sucesso em todos os anos e que até hoje são procurados, Eleanor Porter também publicou contos ao longo de sua vida. Confira alguns deles:

  • Uma herança atrasada
  • Uma fé de quatro pés e uma de dois
  • Uma Questão de Sistema
  • Um Cogumelo de Collingsville
  • Um Patrono da Arte
  • Angelus
  • Migalhas
  • Ação de Graças do Milionário Mike
  • Aquele menino anjo
  • A maçã do olho dela
  • Os Daltons e o Legado
  • O Tabuleiro e o Keep do Elefante
  • A Loucura da Sabedoria
  • A Glória e o Sacrifício
  • Os Cinco Indivisíveis
  • A senhora de preto
  • A carta
  • A salvação do papai
  • Quando a mãe adoeceu
  • Quando Polly Ann brincou de Papai Noel
  • Mulheres de Preto

 

Eleanor H. Porter morreu em Massachusetts, no dia 21 de maio de 1920, e foi enterrada no cemitério Mount. Ela deixou um legado eterno com as suas obras, e o nome marcado na história da literatura estadunidense.

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta