Desafio Literário: julho – 2018 – Teresa Cárdenas

Oi, pessoas!

Estou de volta para falar sobre meu desafio literário: 12 livros escritos por mulheres negras para 2018. Sei que estou atrasada com essas publicações, tudo está um pouco confuso neste momento. Estou realmente atrasada, inclusive com as leituras. Às vezes, por mais que a gente se organize, o movimento da vida, do cotidiano, acaba alterando nossos planos. Mas, como diria o poeta, “não priemos cânico”. Se posso garantir alguma coisa é que todos esses livros serão lidos e todas as publicações serão feitas aqui, ainda que seja com algum atraso.

Pois bem, aqui estou para falar sobre o que foi minha leitura de agosto, na verdade, mas mudei a lista e a coloquei em julho, para ficar tudo organizadinho. O livro é Cartas Para a Minha Mãe, da escritora cubana Teresa Cárdenas. Como sempre, antes de contar minhas impressões sobre o livro, quero compartilhar o motivo da escolha.

Nesse caso, foram dois motivos. O primeiro é um pouco mais objetivo, digamos assim. Escolhi Teresa Cárdenas por ela ser cubana. Quantos livros escritos por mulheres cubanas você já leu? Eu não havia lido nenhum até então. Quando falamos em literatura latino-americana, vários nomes podem passar pela nossa mente. Se alguém nos pede para citar alguns prontamente, com certeza a maioria será masculina e talvez um ou dois cubanos. Quando tentei fazer minha lista considerando mulheres de várias partes do mundo, quis inserir uma latino-americana que não fosse brasileira ou colombiana (pois para mim elas já seriam obrigatórias nessa lista, como contei quando apresentei esse desafio). Conheci Teresa Cárdenas justamente pesquisando nomes de escritoras negras latino-americanas e me empolguei logo de cara. Não a conhecia antes, então para mim foi um lindo achado.

O segundo motivo, um pouco mais subjetivo, diz respeito à temática do livro. O feminismo tem me levado a pensar muito em relacionamentos entre mulheres que são naturalizados, considerados “normais” e, por isso, pouco pensamos neles. Como a relação entre irmãs, por exemplo, ou entre mãe e filha. Eu, por exemplo, demorei muitos anos para deixar de enxergar minha mãe quase como uma entidade, “ela é minha mãe”, e começar a percebê-la como uma mulher nesse mundo machista. Parece simples, mas meio que explodiu minha cabeça pensar assim (qualquer dia conto aqui no blog sobre isso). Então encontrar um livro que, em alguma medida, falasse sobre a relação entre mãe e filha chamou minha atenção. Bem, a princípio eu achei que falaria sobre isso, mas não é bem esse o assunto de Cartas Para a Minha Mãe, mas deixemos esse papo para a próxima publicação.

Teresa Cárdenas

Como tenho feito com cada autora, vou deixar dados biográficos um pouco de lado, porque tenho certeza que vocês podem encontrar essas informações em uma busca rápida pela internet. Resumidamente, Teresa Cárdenas é uma escritora cubana, conhecida em seu país por tratar de “temas difíceis” em seus livros. Fico pensando o que seria considerado um tema difícil. O racismo? Talvez o difícil para muitas pessoas seja encará-lo e assumi-lo e pensar em como lutar contra ele. Por meio de seus personagens e assuntos abordados, Teresa Cárdenas escancara tudo isso e é ao mesmo tempo doloroso e maravilhoso de se ler.

Escolhi uma entrevista feita com ela para compartilhar aqui, porque acredito que melhor que uma biografia copiada e colada da internet, ouvir o que a escritora diz é a melhor maneira de conhecê-la. Os livros dizem muitas coisas, mas as entrevistas abordam outros assuntos, como o próprio processo de escrita, por exemplo. Deixo vocês, então, com um vídeo, são 20 e poucos minutos de investimento do seu tempo, para escutá-la falar sobre seus livros, o racismo em Cuba, o que a levou a começar escrever, etc.

 

É isso. Espero que tenham se interessado pela Teresa Cárdenas. Eu já a amo e quero ler seus outros livros. Volto semana que vem para falar sobre Cartas Para a Minha Mãe e espero vocês aqui.

….

Para ver a lista completa do meu desafio literário desse ano, clique AQUI.

Anúncios

2 comentários sobre “Desafio Literário: julho – 2018 – Teresa Cárdenas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.