Publicado em Literatura

O Caminho Para Casa

Não tem nada melhor que um romance que fale sobre diversas situações. Foi por isso que fiquei feliz em ler O Caminho Para Casa de Kristin Hannah (ed Sextante, 351 págs). Nele conheceremos Lexi, uma jovem de 14 anos que teve uma infância muito dura. Com uma mãe viciada, Lexi passou a infância em orfanatos e lares temporários. Após a morte da mãe, Lexi descobre que possui uma tia-avó e, pela primeira vez saberá o que é ter uma família.

Ao se mudar para a casa da tia, o mundo de Lexi se transforma. Além e receber amor, carinho e proteção, Lexi conhece Mia e as duas se tornam melhores amigas. A família de Mia é o modelo dos sonhos de Lexi: Jude, a mãe superprotetora que está sempre por perto e que ama os filhos de todo o coração, Miles, o pai divertido e bem-sucedido e Zach, irmão gêmeo de Mia por quem Lexi é apaixonada.

Quando parece que a vida dessas pessoas não poderia ser mais feliz, uma tragédia os assola e agora eles precisam reaprender a viver e a perdoar os seus erros.

Cativante. Acredito que essa é a palavra mais apropriada para descrever minha opinião do livro. Quando comecei a lê-lo não consegui mais parar. O texto muito bem escrito, os personagens parecem que levaram meses para serem criados, tamanho os detalhes de personalidades. Logo no início não tem como sentir a dor de Lexi ao saber por tudo que passou na infância e muito menos não amar e odiar Jude por suas ações no romance.

Vale ressaltar que Jude é uma das melhores personagens do livro. Além de ser uma das principais, as mudanças de atitudes que ela tem na história faz o leitor ama-la e odia-la. Ao mesmo tempo o leitor entende suas (re)ações e muitas vezes admito que agiria da mesma forma. Ela própria admite sua mudança e nunca nega a situação que está só não possui forças para mudar.

Já Lexi é a personagem mais corajosa e correta que já vi. Ela se sente mal quando comete erros e não busca outra solução senão ser honesta e não tem medo da punição que possa ter por admitir seus erros. Mesmo vendo seus sonhos caindo por terra, ela prefere ficar em segundo plano e ver a pessoas que amam felizes.

Não posso esquecer a cumplicidade que Zach e Mia possuem. Percebe-se que são realmente gêmeos nas suas ações. Para muitos pode parecer forçado algumas partes do livro sobre a relação tão próxima dos dois, mas como meus irmãos caçulas são gêmeos (um casal, como no livro) sei que por mais forçado que pareça, é bem realista.

O Caminho Para Casa é um livro que, em seu âmago, nos mostra de diferentes ângulos a maternidade. Cada mãe age de uma forma diferente, sempre buscando ser o contrário da sua, esperando dar ao filho o melhor. Nenhuma mãe deseja que seu filho sofra e para isso fará de tudo para vê-lo feliz. Ver diversas facetas de diferentes mães para mim foi surpreendente. Vale a pena ler.

 

Se estiver curioso, você pode ler o primeiro capítulo do livro clicando aqui.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

3 comentários em “O Caminho Para Casa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s