Home>Principal>Café curto e café longo – o que é e suas diferenças

Café curto e café longo – o que é e suas diferenças

O café é uma das bebidas mais versáteis que existe. Do café ao curto, você consegue ter uma variedade imensa dependendo do local. Afinal de contas, existe café para todas as preferências.

Essa bebida contém tantos apreciadores ao redor do mundo, que acabou obtendo inúmeras variações ao longo dos anos. O cafezinho é servido nas casas, nos bares e nos restaurantes com inúmeros outros ingredientes;

Você encontra café com o chantilly, café com leite – o principal parceiro de mistura. Enfim, inúmeros ingredientes acompanham nosso querido café.

Mais você consegue fazer uma lista com os principais tipos de café? Quais são os mais servidos no Brasil? Afinal de contas, qual a diferença entre o café curto e café longo? Saiba todas essas respostas a seguir!

 

CAFÉ CARIOCA


O cafezinho carioca é muito parecido com o café longo, que iremos ver um pouco mais pra frente. Ele se define como café expresso, sendo diluído na água.

A sua concentração beira de 25 até 35 ml do café para cada 20 ml da água. Ele também é chamado de café americano.

Outra variação bem semelhante e famosa no Brasil é o tradicional expresso brasileiro. Esse possui de 40 até 50 ml do volume, porém tem no máximo de 20 até 30 ml do café puro.


CAFÉ RISTRETTO

Este café possui a menor quantidade de volume entre os expressos, com uma altura de 15 até 20 ml na xícara, ficando muito mais encorpado, intenso e oleoso que os outros expressos.

Seu sabor é classificado como sabor de grande riqueza e a doçura quando é bem feito usando máquina de café.

 

CAFÉ COM LEITE


Esse é o tradicional, praticamente todo brasileiro toma. Ele pode ser um café filtrado com o leite quente ou um expresso preparado com o leite vaporizado.

Ele tem como resultado, normalmente, uma proporção única entre os seus ingredientes. Normalmente ele é servido logo pela manhã ou na hora do lanchinho da tarde. Um clássico do brasileiro.


PINGADO

O pingado é mais uma mistura do leite com o café, muito famoso em bares, em padarias e nos botequins brasileiros. Normalmente é servido nos tradicionais copos americanos. 

Ele consiste em muita quantidade de leite, e também contém uma quantidade pequena de café – ou seja, um pingo do nosso cafezinho, e por isso o nome.

 

CAFÉ LATTE

Outro cafezinho tradicional das padarias e dos barzinhos do país, o café latte é mais uma mistura do leite, mas com o café expresso.

Além disso, esse café leva mais uma fina camada da espuma láctea. Ou seja, é bem parecido com o pingado, mas que contém a espuma do leite.

 

MACCHIATO

Mais uma mistura do café com o leite vaporizado, que é o ingrediente responsável por suavizar a intensidade do café. Traduzindo do italiano, Macchiato significa “Manchado”. Ele possui esse nome exatamente porque o leite costumar deixar mancha no café. 

 

MOCHA

Essa é uma variante mais complexa do tradicional café com leite, que possuem 1/3 do leite vaporizado, 1/3 da espuma do leite e 1/3 do expresso.

Esse café ainda recebe uma deliciosa calda de chocolate. O café Mocha ser finalizado de maneira mais fácil, ou colocar um pouquinho de chantilly, de pó do cacau ou de canela por cima. Uma verdadeira delícia.

 

CAPPUCCINO

O tradicional Cappuccino é uma mistura das partes iguais de um café expresso, do leite e do vapor do leite, oferecido em uma xícara com tamanho maior, contendo ainda um pouquinho de chocolate em pó, de canela e de açúcar.

O leite vaporizado pode ser trocado, em alguns locais, pelo chantilly. Ambos deliciosos.

 

CAFÉ CURTO

Existe certa dificuldade em entender a diferença entre o café curto e o longo, mas é bem simples.

O café curto é feito em uma máquina de café expresso, e traz ótimas características do corpo e de sabor, pois ele mantém grande parte dos óleos essenciais que vem da planta do café.

Isso acontece pois ele tem um rápido contato da água, sob uma pressão. O café curto ocupa cerca de 25 até 35 ml de uma xícara convencional de 50 ml, Ele é conhecido simplesmente como café expresso.

 

CAFÉ LONGO


Já o café longo, assim como o curto, também é preparado em uma máquina, mas ele leva uma maior quantidade de água, o que resulta em uma bebida bem fraca em relação ao outro tipo.

Ele pode ser oferecido na xícara comum de 50 ml, mas com uma maior quantidade do café, ou dentro de um recipiente com muito espaço Para quem curte tomar bastante café, sem ligar muita para a qualidade dele, o café longo é ideal

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta