Quem foi Jane Austen?

Conheça Jane Austen: produção literária, adaptações para as plataformas audiovisuais e sua importância para a visão das mulheres ao longo do tempo.

Jane Austen foi uma escritora inglesa nascida no dia 16 de dezembro de 1775, mesmo ano que o cientista André-Marie Ampère, que conceituou as correntes elétricas. Até por volta dos seus 26 anos de idade, Jane Austen vivia na zona rural da Inglaterra. Era a segunda mais velha entre sete irmãos de uma família rica e religiosa.

Estudou em um colégio interno junto com sua irmã Cassandra, fato que rendeu um romance baseado em fatos reais sobre essa fase da sua vida. Até os 17 anos de idade, Jane Austen já havia escrito metade dos romances produzidos durante a sua vida.

Em 1801, ela passou a residir em uma zona urbana, na qual era podia observar mais de perto os hábitos da sociedade da época. Acreditava-se que ela morreu com 41 anos por conta de ter sido portadora da Doença de Addison, mas em 2017 surgiu a suspeita de que a causa da morte foi outra.

Pesquisadores ingleses passaram a acreditar que ela morreu envenenada por arsênico, acidentalmente. Essa hipótese foi criada após a análise de três óculos que pertenceram a ela — encontrados em uma escrivaninha doada por um dos irmãos de Jane, em 1999.

Um optometrista associou a diferença de graus de um óculos para o outro e percebeu que seu problema de visão foi causado por arsênio — substância comum nos remédios e até na água daquela época. No mês seguinte, outros pesquisadores da literatura e da biografia publicaram um artigo defendo a tese anterior, de que ela morreu de Doença de Addison. Até hoje a causa do seu falecimento é inconclusiva.

Produção literária de Jane Austen

Sua primeira história foi “Lady Susan” que era composta de cartas entre os personagens e Austen não desejava publicar. A personagem princial a é a mais distinta das suas criações: uma viúva manipuladora que procurava a todo custo casar a filha, mas, no fim das contas, acabou se envolvendo em mais romances.

“Razão e Sensibilidade” foi sua próxima obra. Fala sobre as tramas de amor e desilusão de duas irmãs aristocratas. Uma irmã é mais romântica e outra mais racional — os dois lados de Austen. O famoso “Orgulho e Preconceito” foi o próximo romance, que fala de Elizabeth Bennett, uma jovem de personalidade forte que acaba se apaixonando.

“Mansfield Park” conta a história de uma moça pobre que se apaixona pelo primo. “Emma” fecha a lista de publicações enquanto a autora estava viva. “A Abadia de Northanger” foi publicado em seguida, depois “Persuasão” —  uma continuação do último livro e que marca a essência de Anne Elliot, outra personagem interessante e praticamente feminista.

Jane Austen na TV e no Cinema

Só a obra “Orgulho e Preconceito” tem oito versões para o cinema, de 1938 a 2005. Todos os seus outros livros, inclusive os póstumos, também ganharam suas versões em filmes.

Uma novela brasileira chamada “Orgulho e Paixão” também foi inspirada por Austen. Existem cinco filmes sobre a escritora, três deles são documentários

O poder feminino de Jane Austen

A principal marca da sua literatura é a exposição do real papel da mulher na família e na sociedade. Ela apresentou os problemas das mulheres, criticando sutilmente como elas viviam.

Enquanto algumas personagens eram “prendadas” e virtuosas, elas também criticavam diretamente o patriarcado. A produção de Austen foi lida até por Churchill na 2ª Guerra Mundial. Até hoje alguns registros de Jane Austen são descobertos, acesse  a página da Sociedade Jane Austen da América do Norte, eles eventualmente postam novidades!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.