Câmeras – Digital, analógica e instantânea

Para quem se lembra de quando as câmeras com sensores digitais chegaram ao mercado têm em mente o quanto ficou mais fácil, ao terminar uma sessão de fotografias, ligar o dispositivo ao computador e ter, de forma quase imediata, todas suas fotografias para tratamento digital e divulgação em sites e redes sociais.

No início, havia o filme…

Antes delas, nós tínhamos as máquinas fotográficas analógicas e seus famosos filmes 35mm que eram de uma qualidade estupenda, porém, seu uso requer mais paciência e cuidado e não era tão prático já que para fotografar em locais diferentes, exigiam filmes diferentes.

Cada filme continha especificações chamadas ISO (ou ASA) que definia o quanto ele era sensível a luz.  Diferente do processo das câmeras digitais, para se ter a fotografia em mãos o processo de revelação não era tão fácil e rápido. O fotógrafo deveria ir até o local de revelação, pagar para revelar e imprimir as fotografias e, se fosse o caso, havia o processo de digitalização, que era usado para trabalhar as fotografias no computador.

Antes das câmeras digitais se popularizarem, ainda havia uma certa resistência, mais para os fotógrafos profissionais, que acreditavam na qualidade do filme 35mm e não migraram imediatamente para os novos equipamentos disponibilizados.

Até hoje em dia é possível encontrar alguém debatendo a qualidade dos sensores digitais ante os filmes de acetato. Porém, com todo avanço tecnológico que temos a disposição hoje, acho que é um assunto que cada vez mais cai por terra.

Polaroids e DSLR

Claro que o público amador apenas queria saber da praticidade, então rapidamente houve uma enorme procura pelos modelos mais simples comumente chamadas “cybershot” (ou powershot) e isso ajudou a nova tecnologia a se popularizar e reduzir os custos ficando cada vez mais acessíveis. Antes das “cybershots”, o mais fácil que havia para uma pessoa comum fotografar e imediatamente ter sua fotografia em mãos eram as câmeras instantâneas (ou câmeras Polaroids, marca que ajudou a popularizar os modelos).

Eram câmeras carregadas com um papel especial que já continham as substâncias que fazia a revelação da fotografia na hora. A imagem era capturada direto no papel e as substâncias eram espalhadas no papel pelas roldanas na saída da câmera. Dentro de instantes era possível ver as imagens aparecem no papel. Para quem tinha interesse em apenas ter sua fotografia para mostrar, guardar ou compartilhar com os amigos, era o suficiente, mas essa prática esbarrava em alguns empecilhos.

A imagem das câmeras polaroids não era tão boa como uma câmera analógica SRL (sigla para Single-Lens Reflex) com lentes melhores e com mais aberturas. Outra coisa é que a imagem nos papéis das câmeras instantâneas logo sofria alterações e desapareceriam com o tempo. As câmeras digitais logo tomaram uma grande fatia do mercado e as câmeras instantâneas foram descontinuadas.

As câmeras analógicas resistiram mais tempo, mas com as melhorias que as DSLR (Digital Single-Lens Reflex) recebiam, cada vez mais perdia o sentido se segurar na qualidade dos filmes de 35mm já que sensores mais atuais já conseguem reproduzir e até superar essa qualidade.

Qual a melhor?

Para os amantes da fotografia, fica apenas o apego nostálgico em manter equipamentos desse tipo. As câmeras analógicas possuem um aspecto único em suas fotografias. a qualidade dos filmes ainda pode surpreender em alguns casos e muitas máquinas nem requer pilhas para funcionar, o que pode facilitar em casos de fotografia em locais isolados. As câmeras instantâneas ainda oferecem um jeito bem divertido de compartilhar suas fotografias. Imagens impressas ainda causam uma reação nas pessoas que não se vê mais hoje em dia, com todas as fotos em álbuns digitais em perfis de redes sociais.

Mas, como já dito antes, a praticidade das máquinas digitais somados com o aperfeiçoamento da tecnologia e o custo caindo cada vez mais, faz com que todos, profissionais ou não, mantenham elas como equipamento principal e companheiro inseparável de viagens e outras ocasiões.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Câmeras – Digital, analógica e instantânea

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.