Home>Principal>Museu Nacional – Uma Nota sobre o Ocorrido

Museu Nacional – Uma Nota sobre o Ocorrido

Essa semana um dos maiores patrimônios históricos e cientifico do Brasil ardeu em chamas. O Museu Nacional já pedia por socorro há um bom tempo, mas poucos deram a atenção necessária.

Instalado no Palácio de São Cristóvão, o local onde Dom João IV se instalou quando fugia de Napoleão Bonaparte em 1808, e onde foi instaurada o Império Brasileiro. Foi ali que Pedro I cresceu, onde seu filho Pedro II e sua neta, Isabel nasceram e tomaram grandes decisões que mudaram a história do país, como a declaração de independência (que comemoramos hoje) e a liberatação dos escravos.

Criação do  Museu Nacional

Criado em 1818 por Dom João IV, o museu só passou a ocupar o local atual muito tempo depois. Mas todo o trabalho e as pesquisas científicas feitas ali foram importantes para o melhor conhecimento do país, sua fauna, flora e história de uma área que hoje habitamos, mas que milhares de anos atrás erade animais silvestres e uma flora bem mais extensa e diversa (que nós mesmos destruímos).  Por isso ali era um local onde conseguíamos manter uma parte do nosso país ainda existente, para sermos lembrados de como éramos e como crescemos.

Sua decadência não foi de um ano pro outro. Mas a crise, mais política e que depois se tornou econômica e nossas diretrizes de sempre deixar a cultura como última a receber e a primeira a sofrer cortes, transformaram problemas recorrentes de um local antigo em imensas armadilhas. 

No final foi o fogo que destruiu, mas poderia ter sido pelas chuvas, cada vez mais torrenciais e destruidoras, ou até mesmo um desabamento pela falta de reforma. Fomos empurrando com a bariga acreditando que depois irá melhorar e reformamos, sempre o depois a gente vê.

E a história e a cultura perdeu novamente. Com tão poucos lutando por ela, e tantos acreditando que não é importante, vamos perdendo um pouco mais da nossa história, da nossa cultura, da nossa identidade como nação.

Que as lágrimas que hoje derramamos seja o motivo para o BASTA: de política meia boca onde a educação e cultura não prioridade, que as pessoas tenham interesse de sair de frente da TV e visitem os demais museus que possuímos, e tenhamos a oportunidade de aproveitar esses espaços assíduamente, sem discriminação de tempo ou idade.

Beco das Palavras e a Museologia

Há algum tempo que o Beco das Palavras criou um espaço exclusivo para falarmos de museus. E há poucas semanas pedimos nossos seguidores do IG para nos sugerir quais museus gostariam que fossem divulgados por aqui. Poucos responderam, mas ainda assim conseguimos criar uma lista interessante de museus. e iremos falar de sua história e como são quinzenalmente por aqui.

Infelizmente,  não tivemos tempo de escrevermos sobre o Museu Nacional, pois ainda estavámos em processo de produção do material, mas não poderíamos nos manter calados diante de tamanha perda.

Portanto, visitem os museus, estar lá é um novo mundo com milhares de oportunidades de aprendizado, um conhecimento visual que transcende nossas vidas. Se vai viajar, nao deixe de conhecer a história e a arte que aquele local produz e possui, e os museus são isso: história e cultura, passado e presente caminhando juntas. Você jamais se arrependerá do tempo gasto em um museu, tenho absoluta certeza.

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta