Desafio Literário 2018: março – Antología de Mujeres Poetas Afrocolombianas

Oi, pessoas!

Aqui estou, bastante atrasada, para falar sobre a leitura de março do meu desafio literário desse ano. Não gostaria de estar tão atrasada com essas publicações, mas escrever não é uma das coisas mais rápidas a se fazer e às vezes outros assuntos mais urgentes vão entrando na frente. Estou em dia com a leitura dos livros, o atraso é só com os textos, então, já que estamos na metade do ano, resolvi colocar isso em ordem. Pois vamos lá, sem enrolar mais.

No mês de março li Antología de mujeres poetas afrocolombianas. Em geral, costumo dividir meus comentários sobre a leitura em duas partes: a primeira sobre a escolha do livro e autora, a segunda sobre o livro em si. Porém, como são muitas escritoras reunidas em uma obra, dessa vez só haverá um texto. A ideia é fazer um comentário geral sobre o livro, contando minhas impressões sobre ele.

Vou começar falando sobre a escolha. Antología de mujeres poetas afrocolombianas é o único livro da lista que não tem tradução em português. Em geral, não gosto muito de indicar livros que não tenham tradução, mas precisei fazer essa exceção por um motivo: encontrei nessa obra uma boa oportunidade para conhecer várias escritoras de uma vez só e não quis abrir mão disso. Quando contei para vocês sobre meus critérios para fazer essa lista, disse que para mim era importante que houvesse um livro escrito por uma mulher colombiana, porque é o país onde eu moro atualmente e pelo qual me interesso em conhecer todos os tipos de expressões culturais. No desafio do ano passado incluí uma escritora colombiana e dessa vez não seria diferente. Ao procurar sobre autoras negras, recebi a indicação dessa antologia que, embora não seja organizada pelas mesmas autoras ou por outras mulheres, reúne várias poetisas negras. O conteúdo que está ali é, sim, escrito por elas, então acho que não foge muito da proposta da minha meta de leitura.

Comecei o livro com bastante curiosidade, porque até então não conhecia, de fato, nenhuma escritora negra colombiana. Mas também iniciei a leitura um pouco preguiçosa, se é que esse adjetivo se encaixa aqui. A razão é que não consigo ter um interesse muito grande pela poesia, já comentei sobre isso aqui, quando falei de Sangue Negro, da Noémia de Sousa (que foi um dos poucos livros de poesias que realmente gostei). Não sei se é falta de sensibilidade ou de identificação, só sei que eu e a poesia não temos uma relação muito próxima, então meu estado de ânimo para esse livro não era dos mais empolgados. De fato, demorei muito para terminar, foi uma leitura bem arrastada e com doses de procrastinação. Mas não posso dizer que é porque o livro seja ruim e sim por causa da minha disposição para o estilo literário.

Quero falar um pouquinho sobre a estrutura do livro. No início os organizadores contam sobre o propósito de fazer essa antologia, falam de edições anteriores que eram menos completas, explicam um pouco sobre questões rítmicas dos poemas (acho essa parte um pouco chata, é muito técnica, mas para quem estuda o tema ou se interessa, pode ser sensacional). Enfim, é uma introdução necessária e interessante. Depois vem uma divisão em seis partes: escritoras nascidas antes de 1940, que eles chamam de pioneiras; escritoras nascidas na década de 1940; e depois as outras quatro partes divididas em escritoras nascidas em 1950, 60, 70 e 80. Para ser sincera, não entendi muito bem o motivo dessa divisão. A princípio, fiquei pensando que seria melhor uma divisão por temas, mas depois vi certo sentido na ordem cronológica. Acompanhando as décadas em que essas mulheres escreveram, vemos vários assuntos da história da Colômbia sendo abordados ali e é interessante observar como as temáticas vão mudando um pouco à medida em que o tempo e a História também mudam. Cada parte do livro apresenta várias poetisas da seguinte maneira: primeiro uma pequena biografia da autora, seguida de alguns poemas que foram publicados por ela. Fiquei impressionada e feliz com o grande número de mulheres ali presentes. Obviamente gostei mais de umas que de outras (quero dizer, dos poemas), mas achei ótimo conhecer todas elas.

Algumas temáticas são recorrentes entre essas autoras: a relação com a Mãe África, que é evocada a todo momento; a identidade negra mais local que colombiana porque é caribenha, ou da região do Pacífico, ou da ilha de San Andrés, ou de Cartagena, locais com maior número de população negra (essa questão é realmente muito forte); a religiosidade (em geral, cristã). São muitos outros temas que aparecem, mas vi esses três com certa frequência.

Enfim, gostei de ler esse livro também, mas me arrependi um pouco por não ter escolhido a obra de uma escritora específica para me aprofundar um pouco mais, acho que eu teria gostado mais dessa experiência. Por outro lado, fui apresentada a muitas mulheres que não conhecia e que agora posso ir atrás e procurar seus livros. Acredito que nesse sentido foi ótimo ter escolhido a antologia.

Sei que não é todo mundo que lê em espanhol, mas para quem lê e tiver interesse, esse livro está disponível gratuitamente em formato PDF. Deixo AQUI o link para fazer o download. Certamente uma antologia sempre tem critérios um pouco subjetivos para a escolha de quem entra e quem sai, mas acredito que esse livro oferece um amplo panorama de autoras, é uma boa introdução à poesia escrita por mulheres negras na Colômbia. Depois me contem o que acharam do livro.

Para ver a lista do meu desafio literário desse ano, clique AQUI.

Anúncios

Um comentário sobre “Desafio Literário 2018: março – Antología de Mujeres Poetas Afrocolombianas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s