Publicado em Literatura

A Força Do Amor

Estamos de volta com o segundo livro de uma grande história de amor. Relembrando, Tristan e Ivy são um casal perfeito até que um trágico acidente (se é que podemos chamar assim) os separam, Tristan morre e se transforma em uma espécie de Anjo, e Ivy que sempre acreditou em anjos perdeu sua fé neles. Enquanto isso Tristan tenta, com a ajuda de Lacey – um anjo com mais experiência, e no meu ponto de vista, uma das melhores personagens – desenvolver seus recém descobertos poderes, para tentar alertar Ivy que ela corre grande perigo.

Essa parte da estória se passa1 mês após a morte de Tristan, Ivy não conseguiu superar praticamente nada desse trágico acidente e só encontra um certo conforto ao lado de Gregory (seu irmão adotivo, ou filho do novo esposo de sua mãe) e enquanto pratica para sua apresentação de piano que Suzanne, pensando em animá-la a inscreveu.

Ivy tenta demonstrar a todos que está bem mas isso está longe de ser verdade, afinal ela sofre de constantes pesadelos e cada um revela algum detalhe sobre o trágico acidente. Enquanto isso Tristan tenta de tudo para descobrir o que realmente aconteceu, e com a ajuda de Lacey aprende a navegar através das lembranças dos envolvidos, com excessão de Gregory.

Com algumas novas descobertas, principalmente por parte de Ivy e seus pesadelos, descobrimos que o acidente pode ter relação com uma outra morte, a de Caroline, mãe de Gregory. Com as novas descobertas Ivy passa a correr mais perigo. A narrativa da autora nos deixa com um pé atrás em relação a todos os personagens, alguns mais do que os outros, mas acredito que algumas surpresas e reviravoltas estão previstas para o próximo e ultimo livro da série.

No primeiro volume até tive uma certa simpatia por Ivy, mas nesse livro foi por água a baixo, fazer o quê? Sou fã de personagens que sofrem mas são guerreiras com personalidade forte, nesse caso o único assim é Tristan. Ok a garota está de luto, mas cansa né! Na verdade, nesse volume os unicos personagens que se destacaram foi Tristan, Lacey e Gregory, com destaque para Lacey.

Como em toda trilogia o segundo volume é um pouco mais parado, no caso de “Beijada por um anjo” não poderia ser diferente, porém o livro nos apresentou pontos que serão cruciais para o desfecho da trama, e o gancho final conseguiu me deixar completamente ansioso para descobrir onde essa estória vai acabar.

Ponto negativo, as falhas a diagramação continua, porém em menor quantidade que a do primeiro livro.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s