Publicado em Literatura, Literatura Estrangeira, Sem categoria

Uma Garrafa no mar de Gaza

umagarrafaQuando comecei a ler Uma garrafa no mar de Gaza (Valérie Zenatti, ed Companhia das Letras), não imaginava que o enredo dessa história se desenvolveria na forma de trocas de emails. Nada contra livros assim, mas é preciso uma boa história para prender o leitor até o fim, que é o que me aconteceu ao ler este livro. Leitura simples, mas que através de correspondências escritas entre uma israelense e um palestino, relatam fatos históricos em países separados por anos de guerra.

Tal Levine é uma adolescente de 17 anos que, após um desses atentados em Jerusalém, resolve escrever uma carta, colocar numa garrafa e então pedir ao irmão (enfermeiro militar) para lançar ao mar de Gaza na esperança de que alguma palestina pudesse lhe responder. Muitos jovens nessa idade se revoltam, mas a revolta de Tal soou mais como um desabafo. Não suportava mais ver tantas pessoas morrerem, não conseguia mais ver as imagens na TV e não  vomitar ao ver tanto sangue. Uma guerra que, segundo ela, já não sabiam mais dizer quem havia começado, mas que havia se tornado um ciclo sem fim, sem nenhuma perspectiva de paz, diante de homens-bomba se explodindo ao lado de sua casa de repente.

A garrafa cai nas mãos de um palestino, que prefere manter sua identidade em anônimo, e responde por email a mensagem dessa garota israelense. De início, age de forma grosseira e faz pouco caso quanto aos questionamentos de Tal sobre todo esse inferno que vivem. Mas por alguns motivos não consegue ignora-la, e sem perceber vai se envolvendo cada vez mais com esta garota que nunca viu, e talvez nunca terá a chance de conhecer, uma vez que ninguém ali acredita mais que israelenses e palestinos poderão um dia conviver em paz.

Comovente, uma guerra sob a perspectiva de dois jovens, sedentos por conhecer o mundo, mas presos dentro de territórios tão próximos e tão odiados entre si.

A autora, Valérie Zenatti nasceu na França, mas passou a adolescência em Israel, fato que em partes inspirou este trabalho, que veio a ser adaptado para o cinema.

Confesso que depois de muitos anos após ter estudado sobre este assunto para o vestibular, este livro me despertou um interesse de ler mais sobre esta guerra, da qual já havia me esquecido, mas agora envolvida na visão destes personagens em um dos conflitos mais tensos da história do mundo.

O livro recebeu inúmeros prêmios, e realmente vale a pena ser lido.

Abaixo você pode assistir ao trailer do filme.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Um comentário em “Uma Garrafa no mar de Gaza

  1. Adoro livros que tratem sobre esses assuntos, com guerras/pós guerras e tal. Acho que gostaria muito de Uma Garrafa no Mar de Gaza. Além de já me interessar por causa do título e capa, acabei me interessando também por causa dos vários comentários positivos sobre ele.
    Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s