Home>Principal>Além do Planeta Silencioso

Além do Planeta Silencioso

CS Lewis é um cara que merece respeito. E nesse caso se alguém discordar eu vou brigar e muito (é sério). A razão de escolher Cambridge para visitar é pelo único exclusivo motivo que ele trabalhou na universidade de lá.

O último livro que li dele foi o primeiro livro da Trilogia Cósmica, Além do Planeta Silencioso (Ed WMF Martins Fontes) em janeiro deste ano. E como todo livro dele, fico maravilhada com suas histórias e como ele consegue incutir sua fé em seus livros sem estragar a história.

O livro relata a história do filólogo Ramson (qualquer semelhando com JRR Tolkien NÃO é mera coincidência)  que é sequestrado por um físico e ex-colega que construiu uma nave espacial. Ransom é levado para Malacandra, um planeta com águas quentes e onde o seres vivos se relacionam entre si independente da raça. Ele deverá ser levado como sacrifício a Oyarsa, governador de Malcandra e servo de Maledil, o criador.

Após conseguir fugir dos seus algozes, Ransom conhece um dos seres que vivem em Malacandra, que o recebem, ensinam sua língua e a história do planeta e também do seu próprio, conhecido lá como Planeta Silencioso.

O livro pode não ter revolucionado a ficção científica, mas não deixa de ser bom. Ao explicar como o planeta se tornou silencioso nos faz relembrar o Gênesis e refletir sobre as diferenças de comunicação entre Deus e os homens hoje e na época do velho testamento. Tudo isso indiretamente e de uma maneira tão profunda que não dá para o leitor terminar sem nenhum questionamento ou curiosidade de falar sobre ateísmo e fé.

Mas provavelmente o que mais surpreende não seja o livro, mas como ele foi criado. Sabe-se que Lewis e Tolkien eram muito amigos (ambos eram professores na Universidade de Oxford e criaram um grupo chamado Inklings) e que a decisão de escrever um livro sobre espaço foi tirado no caro e coroa. Isso mesmo, os dois queriam escrever livros sobre o tempo e também sobre o espaço, então decidiram tirar na moeda quem iria escrever o quê. Daí surgiu a trilogia espacial.

Ainda não li Perelandra (segundo livro da série), mas tenho certeza que não irei me decepcionar.

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

2 thoughts on “Além do Planeta Silencioso

  1. Eu amo o Lewis também! Essa trilogia ainda não li, mas já está na minha listinha e também sei que não vou me decepcionar (é possível se decepcionar com C. S. Lewis? rs).

Deixe uma resposta