Publicado em Literatura Estrangeira

O Circo da Noite

Não existe nada mais encantado que o circo. Porque não dizer mágico? Acho que por isso fiquei fascinada logo que vi a capa de O Circo da Noite, (tradução de Claudio Carina, Intrínseca, 368 páginas, 34,90 reais na versão impressa e 19,90 reais na versão e-book), livro de estreia da artista multimídia americana Erin Morgenstern.

A história começa com a disputa entre dois mágicos, um exibicionista e outro que prefere guardar sua mágica para si. Acostumados a brincarem com a mágica, um deles acha que está na hora de levarem seu espetáculo para o público, um público que acha que a magia real é apenas uma ilusão. Nada melhor que levar isso até o circo, um lugar onde tudo é possível e ninguém acha que é real. Eles treinam seus aprendizes, Marco e Celia, para mais um jogo que não está claro como funciona. Um jogo de exibicionismo, lento, que afeta os outros aos poucos e atravessa anos – onde definir um vencedor não é tão fácil quanto parece.

Atravessando várias cidades e muitos anos, o circo chega aos lugares sem avisar onde está. Por onde passa, angaria fãs e pessoas fascinadas por tudo de diferente que o circo abriga. Enquanto isso, a competição entre Marco e Celia vai acontecendo – muitas vezes, eles sequer sabem que estão jogando.

O resumo da história é simples: o circo percorre muitos lugares e Marco e Celia se apaixonam, dificultando o jogo.

A autora elaborou a história tão bem que você sem perceber se envolvia em todo o mistério e magia que os personagens carregavam. Diferentes, bem elaborados, eles aparecem na hora certa e estão sempre orbitando em volta do circo, mesmo que anonimamente deixando sempre aquele clima de mágica intrigante.

A narrativa, mesmo que arrastada e um tanto quanto lenta, acompanha a proposta da autora de te seduzir e ter vontade de largar tudo e se perder entre as tendas fascinantes descritas pela autora.

O Circo da Noite foi apresentado na Feira do Livro de Frankfurt, em outubro de 2010, e gerou certo bochicho. O livro só seria lançado em setembro do ano seguinte, mas bem antes disso, em janeiro de 2011, a Summit Entertainment, a produtora da saga Crepúsculo, se adiantou e comprou os direitos de adaptar a obra, o que não me surpreendeu porque desde a primeira frase do livro já imaginei a história nas telas dos cinemas.

Desafiando gêneros e expectativas, Erin Morgenstern soube me seduzir e acredito que pode seduzir você também. Deixe-se impressionar e entre no circo mágico que chegou sem avisar.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Um comentário em “O Circo da Noite

  1. Uau! Fiquei muito interessada! Vou acrescentar esse à minha lista (enorme) de próximas leituras, rs. E, de fato, parece um bom enredo para um filme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s