Home>Literatura>Um Homem de Sorte – Nicholas Sparks

Um Homem de Sorte – Nicholas Sparks

Nicholas Sparks pode ser considerado um dos maiores contadores de estórias de amor de nosso tempo. Seus livros são recheados de doses maciças desse sentimento que tem a capacidade de enternecer até os corações mais duros. Hoje falaremos um pouco sobre Um Homem de Sorte, livro de sucesso do autor que, como de costume, inspirou o filme com o mesmo nome.

 

Sinopse: Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fim de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. (…) Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética, prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar.

 

Um homem de sorte: três estórias entrelaçadas

Neste livro, Nicholas Sparks nos conta a estória de Logan Thibault, ex-fuzileiro que atravessa o país para encontrar a mulher que nunca conheceu. Como isto é possível? Durante a guerra, Logan acaba encontrando uma fotografia de uma mulher que passou a lhe trazer sorte. O personagem passou a ganhar no poker e, quando em combate, não saía ferido. 

Apesar de acreditar que a fotografia lhe trazia sorte, Logan nunca pensou em ir atrás daquela moça. Até que seu amigo Victor lhe disse que deveria conhecê-la, afinal, tinha uma dívida com ele, a qual precisaria pagar de alguma forma.

Em Hampton, em uma casa simples, Beth vive com sua vó Nana e seu filho Ben. Beth pensava em comprar uma casa para si e para o filho, contudo, após o derrame de Nana, desistiu da ideia para ficar ao lado da mulher que a criara desde os três anos de idade.  

Nana era dona de um canil e Beth passou a ajudá-la em suas tarefas. Apesar de separada, ainda acreditava no amor, e até chegou a sair com algumas pessoas, porém, elas simplesmente deixavam de ligar ou desapareciam de sua vida. Beth não se importava com este fato e continuava sua vida, ora cuidando do filho, ora ajudando sua vó — tudo isto enquanto continuava dando aulas na escola da cidade.

Beth foi casada com Keith Clayton, pai de Ben. Ele deixa claro não gostar muito das predileções do filho: Ben é um garoto que gosta de música, de estudar e de ler, mas, para Keith, seria melhor se preferisse esportes, e hobbies considerados mais masculinos.

Keith é um daqueles caras que se julgam dono da razão. Além de valentão, é membro da família Clayton, dona de praticamente toda a cidade em que mora. Isto o torna ainda mais possessivo com sua ex-esposa, mesmo traindo-a com várias mulheres.

Esses três personagens com vidas tão distintas se encontram nesta bela estória desenvolvida por Nicholas Sparks.  É emocionante como a maioria de seus trabalhos se diferm de seus primeiros livros… Não vou falar o porquê, mas sugiro que você leia os primeiros lançados por ele, para depois observar os finais dos demais.

Por se tratar de três vidas que vão se entrelaçando, Um Homem de Sorte é contado na terceira pessoa. Os capítulos são intitulados com o nome dos personagens, deixando claro que o leitor estará conhecendo mais sobre Logan, Beth e até mesmo, Keith. 

Se vale a pena ler Um Homem de Sorte de Nicholas Sparks? Sim, é uma estória bem cativante! O livro é envolvente e nos conquista com o rolar de suas páginas. Agora, se você preferir assistir, é um ótimo filme também, vale a pena conferir.

 

 

 

 

Assinatura

Colaborador Beco das Palavras
Os textos publicados aqui são produzidos pelo colaborador que assina cada artigo, sob supervisão e revisão de Luciana Assunção.

Deixe uma resposta