As meninas, de Lygia Fagundes Telles

Lygia Fagundes Telles nasceu em São Paulo, em 1923. Amiga de escritores como Hilda Hist, Érico Veríssimo e Carlos Drummond de Andrade, Lygia começou a escrever desde cedo. Aos 15 anos, já tinha escrito seu primeiro romance, bem recebido pela crítica. Em entrevistas, a autora afirma que os textos que publicou quando mais nova, são apenas “juvenilidades”, ou seja, não devem ser levados a sério. … Continuar lendo As meninas, de Lygia Fagundes Telles

Ciranda de Pedra

Se alguém me perguntasse sobre o que é o livro Ciranda de Pedra, de maneira bem resumida eu diria que é um livro sobre identidade, a busca de uma pessoa em ser alguém que faça sentido no mundo contraditório em que vive e diria ainda que é impossível não se identificar com essa história.

Li Ciranda de Pedra há muitos anos, ainda era adolescente. Me lembro que na época foi um livro que me impactou, mas depois de tanto tempo, não conseguia recordar o motivo desse impacto, não conseguia sequer recordar o final do livro, foi aí que decidi fazer essa releitura. Continuar lendo “Ciranda de Pedra”

Desafio Literário 2017 – novembro: Lygia Fagundes Telles

Continuando a falar sobre o desafio literário de 2017 (falta pouco para acabar, em breve falarei sobre o primeiro livro lido do desafio de 2018), vamos para o livro de novembro, que foi Ciranda de Pedra, da Lygia Fagundes Telles. Como sempre, antes de contar minhas impressões da leitura, quero contar o motivo da minha escolha.

Escolhi Lygia Fagundes Telles porque pouco tempo antes de montar essa lista havia lido um livro de contos escritos por ela e a empolgação ainda não tinha passado. Continuar lendo “Desafio Literário 2017 – novembro: Lygia Fagundes Telles”