Colette

Não muito conhecida pelos brasileiros, a escritora francesa Colette maior nome feminino das letras francesas na primeira metade do século XX, mas precisou lutar contra seu próprio marido, que assinou as obras como se fossem dele.    Sidonie-Gabrielle Colette nasceu a 28 de janeiro de 1873, numa pequena aldeia da Borgonha, de nome Saveur-en-Puisaye. Da infância, ela guardou sempre uma memória feliz, influenciada pela figura da mãe, Adèle-Eugénie-Sidonie, a quem

Irmãos Lumière uma vida de imagens

Se você gostar de filmes antigos, provavelmente já viu o logo da produtora Lumiere dando boas-vindas para um bom filme, mas, se você for um cinéfilo que assiste tudo, desde os clássicos até as produções mais tecnológicas, com certeza sabe que Lumière tem um significado ainda mais profundo e significativo para a indústria do cinema. E se você nunca ouviu falar esse nome, mas adora produções cinematográficas e gostaria de

Tudo Aquilo que Nunca foi Dito

Sempre ouvi muitos comentários sobre o livro, comentários genéricos do tipo “O livro é muito bom” mas até começar a leitura não tinha a mínima ideia do que o mesmo se tratava. Ao escolher minha próxima leitura a capa, que também não havia prestado muita atenção até o momento se destacou e só ai fui ler a sinopse, desde momento em diante não consegui me desgrudar do livro um minuto