Com amor Van Gogh

Com amor, Van Gogh, antes de se tornar um filme, foi um projeto que, deixou muitos fãs da sétima arte e do artista, ansiosos para assistirem o resultado de todo empenho por trás da obra. E também, apreensivos. Por se tratar de uma proposta experimental e nova, muitos tiveram dúvidas se seria exibido no cinema na época do lançamento ou não. Mas, Com amor, Van Gogh, acabou sendo exibido em

Dois Papas

Dois Papas foi dirigido por Fernando Meirelles, gira em torno de uma conversa fictícia entre o cardeal de Buenos Aires e o papa sobre as futuras ações que viriam ocorrer no Vaticano.   Antes de começarmos a falar a respeito do filme, nada mais adequado que destacar o belo trabalho de direção de Fernando Meirelles. Um diretor talentoso que consegue arrastar o telespectador para dentro do universo que cria com

Estrelas Além do Tempo (Hidden Figures)

Ser mulher não é fácil. Somos tratadas como inferiores por alguns, que acreditam que não temos a mesma capacidade de executar tarefas como os homens. Ser mulher e negra é algo muito mais difícil. Imagine ser uma mulher negra, nos anos 60 nos EUA, no auge da segregação racial. Viver em um local onde ser racista não era crime não facilita em nada  a vida das mulheres negras. A segregação

Amor e Inocência

Todos nós já nos emocionamos com as obras de Jane Austen, e é por esta razão que ela é a nossa autora escolhida como clássico do mês. E assim como suas obras são belas e tiveram finais felizes, sua vida não seguiu o mesmo caminho. No filme Amor e Inocência (2007) trouxe para as telas a vida dessa autora que se tornou a mais lida entre os soldados durante a