Home>Biografia>Matt Haig

Matt Haig

Matt Haig é um jornalista e romancista inglês, que produz livro de não-ficção e ficção para adultos e crianças. Muitos desses livros são do gênero de ficção especulativa, e boa parte das suas obras são as responsáveis por lhe consagrar como um autor best-seller internacional com livros publicados em mais de 30 idiomas.

Ele é um dos maiores da sua geração na Inglaterra, e a sua posição como autor best-seller é o que faz dele um dos autores mais procurados nos gêneros de ficção especulativa. Confira um pouco mais sobre a sua trajetória e conheça a sua carreira.

 

Biografia 

Haig nasceu em Sheffield, na Inglaterra, no ano de 1975. Pouco se sabe sobre a sua infância, mas na juventude cursou História e Inglês na Universidade de Hull, cursos que ajudaram na sua carreira como escritor no futuro.

Ele iniciou a sua carreira no jornalismo quando começou a colaborar com publicações inglesas conceituadas. Por outro lado, a sua carreira como escritor de ficção só começou em 2004, e ele se destacou em ambas profissões.

No mês de agosto de 2018, Matt Haig escreveu também letras para o álbum musical do compositor e cantor inglês Andy Burrows. Esse álbum recebe um título que é baseado em um livro de Haig,  chamado Reasons To Stay Alive.

 

Vida pessoal

Pouco se sabe sobre a sua infância e juventude, o que fica difícil até mesmo de saber de onde vem tantas influências para os seus livros. Hoje, Matt Haig é casado com Andrea Semple, com quem ele tem dois filhos e, orgulhosamente citado por Haig, um cachorro.

Atualmente Matt Haig mora em Brighton, no Sussex. Uma curiosidade sobre a sua família é que Haig e sua esposa Andrea educam os seus filhos de casa, através do método de ensino doméstico. 

Ele sofreu um colapso mental quando tinha apenas 24 anos, e essa experiência foi a inspiração para alguns dos seus livros, em especial aqueles de não-ficção. Hoje ele ainda sofre com transtorno de ansiedade de vez em quando.

Haig é um homem muito cético e se afirma como ateu. A sua opinião sobre religião já foi abordada em livros, mas não é a temática central de suas obras. Fora do seu trabalho, ele faz questão de se reafirmar como ateu.

 

Obras

Matt Haig tem uma carreira estabelecida como jornalista, mas é como escritor que ele tem mais destaque. São várias obras publicadas ao longo de sua carreira, muitas responsáveis por lhe consagrar best-seller. Enfim, confira algumas delas a seguir:

  • The Last Family in England (2004)
  • The Dead Fathers Club (2006) Sociedade dos Pais Mortos (Record, 2011)
  • The Possession of Mr Cave (2008) A possessão do Sr. Cave (Record, 2012)
  • The Radleys (2010) Os Radley (Record, 2011)
  • The Humans (2013)
  • How to Stop Time (2017)
  • The Midnight Library (2020) A Biblioteca da Meia-Noite (Record, 2021)

 

Infantis

  • Shadow Forest (2007) Floresta Sombria (Record, 2013)
  • Runaway Troll (008)
  • To Be A Cat (2013)
  • Echo Boy (2014)
  • A Boy Called Christmas (2015)
  • The Girl Who Saved Christmas (2016)
  • Father Christmas and Me (2017)
  • The Truth Pixie (2018)
  • Evie and the Animals (2019)
  • The Truth Pixie Goes to School (2019)
  • Evie in the Jungle (2020)

 

Não-ficção

  • How Come You Don’t Have An E-Strategy (2002)
  • Brand Failures (2003)
  • Brand Royalty (2004)
  • Brand Success (2011)
  • Reasons to Stay Alive (2015) Razões para Continuar Vivo (Intrínseca, 2017)
  • Notes on a Nervous Planet (2018) Observações Sobre Um Planeta Nervoso (Intrínseca, 2020)
  • The Comfort Book (2021) O Livro do Conforto (Intrínseca, 2021)

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta