Home>Biografia>Evelyn Beatrice Hall

Evelyn Beatrice Hall

Britânica que ficou bastante conhecida por causa da biografia sobre Voltaire. Evelyn Beatrice Hall costuma escrever sobre o pseudônimo Stephen G. Tallentyre

 

A sua biografia de Voltaire, cujo nome é “The Life of Voltaire”, foi publicada pela primeira vez no ano 1903, e é a sua principal obra. Ela também escreveu o livro “The Friends of Voltaire”, também focando na vida do famoso filósofo. Confira um pouco mais sobre a vida de trajetória dessa importante escritora.

 

Vida pessoal

Hall nasceu em 28 de setembro de 1868 em Shooter ‘s Hill, em Kent. Ela é a segunda filha de todos os quatros filhos do reverendo William John Hall, que foi o Cônego Menor da Catedral de São Paulo, e Isabella Frances Hall. 

A sua irmã mais velha, Ethel Frances Hall, se casou com o escritor Hugh Stowell Scott, que era o pseudônimo de Henry Selon Merriman, no ano de 1889. Evelyn acabou se tornando uma grande influência na vida do seu cunhado.

Junto com Hugh, Evelyn foi a autora de dois livros de contos, o “From Wisdom Courf”, de 1893, e “The Money Spinner”, de 1896.

Depois que morreu, o cunhado deixou  5 mil libras para Hall, escrevendo que “esse é um sinal da minha gratidão por sua assistência e conselhos literários contínuos, sem os quais eu nunca teria sido capaz de viver da minha pena”.

A relação com o seu cunhado era muito boa e a morte dele abalou um pouco a vida das irmãs. Porém, Evelyn Hall continuava a escrever naquele período, e logo menos viria o seu reconhecimento.

Afinal de contas, a vida de Evelyn foi focada na literatura, principalmente de romance. Aliás, um dos detalhes é que ela era vidrada pela história do filósofo Voltaire.

 

Voltaire

Ela não era apenas uma fã do filósofo, como procurava trabalhar os seus romances em coisas que ele estudava com Voltaire. Além disso, sempre colocava referências em obras que não tinham Voltaire como centro.

 No seu livro “Em The Friends of Voltaire”, por exemplo, Hall escreveu a frase: “Desaprovo o que você diz, mas defenderei até a morte seu direito de dizê-lo”  como uma ilustração das crenças de Voltaire. Esta citação – que às vezes é atribuída erroneamente ao próprio Voltaire – é frequentemente citada para descrever o princípio da liberdade e da expressão.

Os dois livros principais são sobre o filósofo, mas ela não focou apenas nele. Durante a sua vida ela buscou diversas referências diferentes para as suas obras.

 

Trabalhos de Evelyn Beatrice Hall

Naquele período era muito mais comum do que hoje a adoção de pseudônimos. Ela não fazia isso por pura variedade, e sim porque tinha um conceito por trás. Aliás, foi com esse pseudônimo que Evelyn Hall assinou a grande maioria de suas obras.

São diversos livros publicados com esse nome, fazendo dele um nome muito reconhecido na época. Confira algumas dessas obras.

 

  • Da Corte da Sabedoria (com Henry Seton Merriman). Heinemann, London 1893 (reimpresso em 1896).
  • The Money-Spinner and Other: Character Notes (com Henry Seton Merriman). Smith, Elder & Co., London 1896 (reimpresso em 1897).
  • As mulheres dos salões e outros retratos franceses. Longmans, Londres 1901.
  • A vida de Voltaire. Smith, Elder & Co., London 1903.
  • Os amigos de Voltaire. Smith, Elder & Co., London 1906.
  • A Vida de Mirabeau. Smith, Elder & Co London 1908 (edição dos EUA 1912).
  • No início da era vitoriana, a Village Chronicle. Smith, Elder & Co., London 1910 
  • Matthew Hargraves, Smith, Elder and Co., Londres 1914.
  • Voltaire em suas cartas (tradutor). John Murray, Londres 1919.
  • O amor ri por último. W. Blackwood & Sons, Edimburgo / Londres 1919.

Essas são as obras deixadas por Evelyn em vida. A escritora nunca se casou e não teve filhos. Quando morrem, no dia 13 de abril de 1956, aos seus 87 anos, a única coisa que deixou foram suas contribuições para a literatura.

Evelyn Beatrice Hall com certeza é uma das escritoras mais importantes do seu tempo. As suas contribuições são de extremo valor para a cultura inglesa. 

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta