Home>Resenhas>Tudo é eventual – Stephen King

Tudo é eventual – Stephen King

O que falar a respeito de um escritor que é conhecido mundialmente por inspirar os maiores pesadelos nas pessoas? É possível afirmar que, Stephen King, não é apenas um ótimo escritor, como também, provavelmente o mais bem sucedido.

Sua carreira começou na década de 70 e, provavelmente, nem ele e nem ninguém, imaginou que se tornaria esse tenebroso sucesso. A maioria de suas estórias são adaptadas para o cinema e, seus livros, referência e influência para diversos autores.

Desta vez, não falaremos de nenhum livro que foi adaptado, mas sim, de um livro que é uma coletânea de contos, alias, apesar da quantidade de romances escritos, King se amarra em criar estórias mais compactas, digamos assim.

Seus contos, também são sucesso e alguns, já foram adaptados para o cinema. Um Sonho de Liberdade, é um conto e um filme de grande sucesso; O Nevoeiro, também foi inspirado em um conto, entre outros.

Em Tudo é eventual, somos servidos pelo mestre do terror por quatorze contos fantásticos que conseguirão despertar os maiores pesadelos dos mais incrédulos e impressionáveis. Diferente dos mais recentes lançamentos de coletâneas de contos, Tudo é Eventual trouxe ótimos frutos ao autor.

1408, um filme fantástico com Samuel L. Jackson e John Cusack, saíram deste livro e, se não assistiu ainda, assista, você não vai se arrepender. Também temos o Andando na bala que vale a pena conferir. Além desses dois contos, há outro que foi uma honra para o autor receber, o prêmio O. Henry pelo conto “O Homem do terno preto.

 

E agora vamos falar um pouco mais sobre esses três contos mencionados acima

 

1408 conta a estória de um escritor de terror que, na verdade, é um escritor desmistificador. Ele fica sabendo a respeito de determinado lugar mal assombrado e vai até lá para escrever sobre o local. Claro que, a maioria que foi, descobriu que não se passava de armação, pelo menos até chegar ao Hotel Dolphin.

Andando na Bala, apesar de seus quase cinquenta anos de sucesso, King é um autor que curte experimentações, como por exemplo, o conto “A Planta” que foi disponibilizado na internet, Andando na bala, também foi o seu primeiro conto publicado para ebook.

O conto fala a respeito de um jovem estudante que precisa visitar a mãe que sofreu um derrame e segue hospitalizada. Sem condições de ir até sua mãe com seu carro por estar quebrado, o jovem protagonista decidi se aventurar pedindo carona, pelo menos até sua última carona deixa-lo diante de um cemitério. 

Já o conto que lhe deu prêmio, O Homem do Terno Preto, conta a estória de um homem que narra sua experiência de vida de maneira aterrador. Apesar da simplicidade do conto, ele é um dos mais assustadores em termo de escrita. Um conto simples, mas assustador.

 

Se vale a pena ler Tudo é eventual?

O livro conta com mais onze estórias que realmente vale a pena serem conhecidas por todo leitor que se preze. São contos que variam de tamanho, mas não de geniosidade. Podemos sentir a narrativa certeira e direta de Stephen King, sem dúvida alguma, um dos maiores autores de nosso tempo.

 

Assinatura

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta