Publicado em Museus

Tate Modern Museum – Local Mágico da Arte Moderna

Um museu grande, interativo e repleto de obras do mundo inteiro. Esse é o Tate Modern, localizado em uma área central de Londres (bem no rio Tâmisa, em frente a uma ponte que o interliga à catedral de St Paul), o Tate Modern traz tudo que a arte moderna e contemporânea possui para agradar a todos.

Aberto em 2000 em uma antiga usina de energia elétrica,  o Tate Modern foi redesenhado pelos arquitetos suíços Hergoz e Meuron, que transformou o local em um ambiente convidativo para todo o público.

Ao redor do Tate Modern

De frente para o Tâmisa, com uma linda vista do rio, da Catedral de St Paul e da London Bridge, o Tate Modern já inspira. Na porta do museu ha um jardin grande e muito bonito, sentar lá em um dia ensolarado e aproveitar o momento é maravilhoso (eu tive essa oportunidade algumas vezes).

Os principais pontos turisticos estão ao redor do Tate Modern, por isso não é difícil inserir um tempinho do seu tempo e passar por lá. Fora isso, o local possui vários cafés e restaurantes, dentro e ao redor do museu, caso queira descansar por ali, esse é o melhor local.

 

Dentro do Tate Modern

Um museu grande, claro e muito convidativo. O Tate Modern possui vários para diferentes artitas e artes. O local é dividido entre as exposições permanentes, com obras mundiais. Na coleção figuram importantes obras de Pablo Picasso, Matisse, Braque, Natalya Goncharova, de Chirico, Francis Bacon, Alexander Calder, Chagall, entre muitos outros artistas do século XX.

Visitar o Tate Modern não é só para quem gosta de obras, vale para todos conehcerem o local e as obras, e ver de perto o que é arte.  O local surpreende por ser amistoso e aconchegante, além de belíssimo.

Para melhorar, grande parte das obras do Tate Modern são gratuitas ao público, somente às expsições itinerante pagas. Com uma lista enorme de obras próprias pode ter certeza que terá muito o que ver nesse museu.

Minhas impressões

O Tate Modern foi o primeiro grande museu que visitei que na vida. Apesar de gostar de arte, nunca fui muito maluca por isso e às vezes me questionava porque tanta euforia em alguns pintores, que só havia visto fotos de suas obras. E ali no Tate tive a oportunidade de conhecer suas obras e…fiquei facisnada.

É importante lembrar que nenhuma imagem reflete a riqueza da obra de arte. Não é somente o desenho que faz um pintor um mestre, mas como ele conseguiu fazer aquela obra, as tintas, o trabalho de cada pincelada. Poder ver de perto a diferença de cada pincelada dada por Picasso, ou como Monet conseguiu fazer maravilhas com pinceladas após pinceladas no quadro me deixou extasiada.

Cada passo que dava ficava maravilhada. Aproveitei que meu hostel era a poucos minutos de lá e sempre parava ali para descansar e visitar um pouco mais das obras. Pra mim o Tate foi o museu que abriu meus olhos para a arte de um modo que jamais imaginaria ver. Me senti bem vinda em todas as vezes e espero voltar lá em breve.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s