Viagem Literária – Yasnaya Polyana

“A minha vida não está mais à mercê dos acontecimentos, cada minuto da minha existência tem um sentido incontestável. Agora possuirá o sentido indubitável do bem que eu sou capaz de infundir!”  Liev Tolstoi (Anna Kariênina) Antes mesmo de visitar Yasnaya Polyana, eu sentia essa frase bater em meu coração, mesmo não lembrando dela com detalhes. Depois de hoje (26 de maio), faz mais sentido ainda. Ontem, … Continuar lendo Viagem Literária – Yasnaya Polyana

De Volta – O que Retorna à Programação do Beco

Já faz um tempo que estamos passando por transformações aqui no Beco das Palavras. Mas por questões pessoais acabamos perdemos um pouco o foco nas editorias que estavámos fazendo. Às vezes, precisamos colocar nosso esforço nas questões pessoais, para retornar com mais foco e disposição. Agora em agosto, finalmente conseguimos nos organizar e planejar melhor esses projetos para, aos poucos, recoloca-los na pauta do site. … Continuar lendo De Volta – O que Retorna à Programação do Beco

Minha experiência lendo livros escritos por mulheres

Em 2017 comecei um desafio de leitura muito especial e pessoal: ler apenas livros escritos por mulheres. Sempre gostei muito de ler, felizmente tive em minha vida pessoas que me incentivaram a isso desde criança. Mas apenas depois de muitos anos foi que me dei conta da grande defasagem que possuía como leitora. Por causa de uma simples brincadeira na qual era preciso citar os … Continuar lendo Minha experiência lendo livros escritos por mulheres

A primeira muralha da Turma da Mata

Em um mundo governado pela autocracia, um tipo de minério conhecido por calerium era o motor da economia entre reinos. Suas propriedades especiais, proporcionaram uma evolução das sociedades, mas também um clima de grande disputa. Um deles, guiado por Leonino I, descobriu uma grande mina e passou a ser reconhecido pelo vasto material em suas terras. Com o tempo, outros reinos começaram a guerrear com … Continuar lendo A primeira muralha da Turma da Mata

A vida Noturna em um Shopping

Às 22 horas no Brasil é comum os shoppings fecharem suas portas. Os clientes vão embora e pouco depois os lojistas  pegam suas coisas e fazem o mesmo. Mas o que muitos não sabem é que o shopping nunca fica vazio: ele funciona 24 horas.

Muitos de nós temos esse sonho: passar a noite em um shopping, andando pelas lojas e brincando. Já vimos isso em filmes. A primeira vez que tive a oportunidade de viver isso foi em 2009. E mais mágico ainda, porque passei minha primeira noite (de muitas outras) dentro de uma livraria. Continuar lendo “A vida Noturna em um Shopping”