Home>Literatura>Faro Editorial lança os últimos volumes da série “Os Senhores de Roma”

Faro Editorial lança os últimos volumes da série “Os Senhores de Roma”

Obra de Allan Massie parte de textos autobiográficos, documentos da época e registros históricos para criar seis romances das maiores personalidades do Império Romano.

 

Conspirações para tirar um soberano do trono, filhos bastardos, conselheiros que são traidores, romances proibidos, famílias traiçoeiras, governantes loucos, assassinos e incendiários. Parece roteiro de Game Of  Thrones, filmes da Marvel e Star Wars? Pois na verdade esses são fatos verdadeiros e aconteceram durante o Império Romano, o maior que nossa história registrou e durou mais de 500 anos e se expandiu por quase toda a Europa, e ainda territórios na África e Oriente Médio.

Conhecer quem foram Augusto, Tibério, César, Marco Antônio, Cleópatra, Nero e Calígula é fundamental não apenas para os amantes de história, mas também por quem tem interesse por sagas medievais e épicas.

A Faro Editorial lança este mês “Nero – e seus herdeiros” e “Calígula” do jornalista, historiador e autor britânico Allan Massie, dois últimos livros que fazem parte da série “Os Senhores de Roma”.

A coleção com seis livros apresenta as principais figuras do império romano, mesclando história e ficção, narrados em forma de autobiografia, partindo de relatos, documentos históricos, livros de memórias e narrativas de historiadores da época, que tem início no ano 27 A.C.

O Império Romano ficou conhecido não apenas pela força, estratégia de guerra e pelo legado que deixou no mundo ocidental, mas também por figuras icônicas que marcaram a sociedade com política, traições, violência e loucura. Grande parte do que entendemos como governo, direitos e sociedade nasceu durante o Império Romano e seus representantes. E a maioria das sagas de ficção medieval e histórica bebem dessa fonte inesgotável de intrigas, aventuras e personalidades únicas.

Em “Nero – e seus herdeiros” vamos acompanhar os acontecimentos de um dos reinados mais curtos e turbulentos de Roma. E em “Calígula”, vamos mergulhar na vida de um dos imperadores mais fascinantes – e insanos – de toda Roma.

Com uma narração em tom confessional, a obra aproxima o leitor da época, de tantos outros personagens, e liga a inúmeros fatos históricos que permeiam nosso imaginário, em filmes, livros e relatos bíblicos.

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta