Home>Notícias>Projeto Bibliotecas Digitais

Projeto Bibliotecas Digitais

Projeto Tocalivros em parceria com Recode promove acervos gratuitos para 149 bibliotecas públicas por um ano em todo país

A pandemia do coronavírus trouxe uma nova realidade para todos. Neste universo paralelo, um outro normal foi oficializado e sem data para expirar. Espaços públicos foram substituídos por virtuais e, se você não tinha uma biblioteca em casa, não seria agora que conseguiria montar um acervo com pluralidade de títulos.

Mas, como manter a rotina de estudos ou de diversão se não há mais bibliotecas para ir? Se antes de 2020, o espaço do livro já era preterido por outras atividades, o que será de agora?

Uma iniciativa inovadora busca tornar possível que bibliotecas públicas se mantenham em evidência, passando a disponibilizar aos seus usuários um acervo digital considerável. A plataforma Tocalivros e a ONG Recode se uniram para promover o projeto Biblioteca Digital Tocalivros, a princípio, à 149 instituições em todo o país inscritas na primeira fase do projeto.

A bibliotecária e Analista de Projetos na ONG Recode, Hanna Gledyz, acredita que o projetos como este possibilitem que as bibliotecas públicas se mantenham no radar dos leitores, mesmo em uma época em que as pessoas não possam frequentar lugares fechados. “Um trabalho de resistência frente a tantas dificuldades de acesso, modernização e garantia de seus serviços, principalmente neste período da pandemia”, sinaliza

Foram 18 meses gerindo a ideia que, na primeira fase, apresenta um acervo de 2 mil e-books e 5 mil audiolivros, podendo ser acessados pelos usuários destas instituições gratuitamente por um ano.

A segunda fase está em aberto. As novas parcerias podem ser realizadas pelo e-mail bibliotecas@tocalivros.com. O projeto também conta com o apoio da FAPESP/FINEP.

 

 

Deixe uma resposta