Anúncios

Aristófanes

Em determinado período do mundo, houve uma grande explosão de artistas que acabaram se tornando imortais por causa de suas obras. Entre os maiores, estão os grandes artistas gregos, já falamos sobre alguns por aqui: Eurípides, Sófocles, Ésquilo e agora, falaremos sobre Aristófanes, outro membro desse hall de celebridades gregas.

 

Quem foi Aristófanes

Aristófanes foi um dramaturgo grego que viveu durante: 447 A.C./385 A.C., e é considerado o maior de todos os representantes da comédia grega antiga. Existem poucos dados sobre a vida deste dramaturgo, no entanto, segundo algumas fontes, nasceu em Atenas e, devido ao conteúdo de sua obra, é possível supor que contou com uma formação acadêmica de qualidade.

Aristófanes, quando jovem, viveu sob o esplendor do Século de Péricles, mas esteve presente em todos os momentos mais felizes e terríveis de Atenas, como por exemplo: foi testemunha do início e do fim de sua pátria, testemunhou a guerra do Peloponeso que acabou com Hélade.

Isso sem mencionar que presenciou o papel nocivo dos demagogos na destruição militar, cultural e econômica de sua cidade. Ao retornar para sua cidade, Aristófanes se deparou com a arte da persuasão e dos malefícios que trazia para os conceitos políticos, religiosos e culturais.

 

Obras de Aristófanes

Aristófanes deixou para o mundo mais de quarenta obras, sendo onze mais conhecidas. Em seus trabalhos, o dramaturgo apresenta um autor que defende o conservadorismo e por essa razão, ataca com hostilidade as inovações politicas e sociais, incluindo deuses e homens que julgava responsável por tais mudanças.

Nas obras de Aristófanes, nos deparamos com heróis que defendem valores que o próprio autor valoriza e acredita, como por exemplo, o passado de Atenas, as virtudes cívicas, valores democráticos e a solidariedade social.

Outro traço muito comum na obra de Aristófanes e que chamou atenção de seus contemporâneos era o seu tom satírico, no qual criticava com tanto ardor a pomposidade, desmandos, corrupção, impostura que assolavam a sociedade que viveu.

E essas críticas eram tecidas com base em personagens que o possibilitava destilar seu ponto de vista, personagens como: poetas, políticos, cientistas e filósofos, sendo ricos, pobres, jovens ou velhos.

Uma coisa interessante sobre a obra do dramaturgo é o fato de abordar assuntos importantes de seu tempo, como por exemplo: a guerra do Peloponeso que aconteceu entre Esparta e Atenas, também era assunto, os métodos de educação, papel da mulher na sociedade, discussões filosóficas e o surgimento da classe média.

 

Algumas obras que vale a pena destacar por suas críticas:

 

  • Em Lisístrata de 411 A.C. ou também como era conhecida “A Greve do Sexo”, nesta obra as mulheres realizam uma greve sexual com intuito de forçar os atenienses e espartanos a manterem a paz.
  • Em “As Vespas” de 422 A.C., fala a respeito dos benefícios da verdade e apresenta sua preocupação a respeito da ética.
  • Em “As Nuvens” 423 A.C., faz um comparativo entre Sócrates e aos sofistas, mestres da retórica. E acusa o filósofo de influenciar de maneira negativa a sociedade.

 

Frases celebres de Aristófanes

“Nossa pátria é onde nos sentimos bem”.

“Os idosos são duas vezes crianças.”

” O verdadeiro sábio é aquele que aprende com seus inimigos”.

 

Lista das principais obras de Aristófanes

 

  • As Nuvens
  • As Vespas
  • Lisístrata
  • As rãs
  • Assembleia de mulheres
  • Os pássaros
  • Tesmofariantes
  • Os acarnienses
  • Os Cavaleiros
  • A paz
  • As aves

Assinatura

Anúncios

Deixe uma resposta