Prêmio Camões de Literatura: 30 anos de cerimônias

O Prêmio Camões é um dos mais importantes da literatura. Já laureou 30 escritores, sendo que quase a metade deles foram autores brasileiros. 

Essa premiação foi instituída em uma parceria do Brasil com Portugal, no ano de 1988, e é voltada para os destaques da literatura portuguesa.  Faz 30 anos desde a sua primeira cerimônia e entre os escritores já premiados temos Lygia Fagundes Telles e Ferreira Gullar. Embora “Camões” nos remeta à Portugal, muitos brasileiros já foram contemplados entre os literatos europeus e africanos.

Um ano no Brasil e outro em Portugal. Os locais dos eventos são alternados dando, assim, oportunidades mais igualitárias aos convidados dos dois países. Um júri é constituído exclusivamente para a seleção e o ganhador recebe 452 mil reais, uma contribuição dos dois países participantes. A seleção é baseada na obra completa do candidato.

Prêmio Camões e os representantes da literatura nacional

O Prêmio Camões de Literatura foi criado em 1966, com um pacto assinado em Brasília, mas recentemente tem sido alvo de algumas críticas. Uma delas é a baixa quantidade de escritores africanos vencedores. 

O Brasil tem 13 escritores que obtiveram o Prêmio Camões, Portugal também tem 13, Angola, Moçambique e Cabo Verde agraciaram dois autores, cada. Acredita-se que isso ocorra pelo fato de esses países serem mais jovens e, consequentemente, a produção literária dos seus escritores também.

E quais foram esses 13 importantes autores brasileiros?

  1. João Cabral de Melo Neto: o escritor de “Morte e Vida Severina” foi o primeiro a levar o prêmio, em 1990.
  2. Rachel de Queiroz: além de ser a pioneira na Academia Brasileira de Letras (ABL), ela também foi a primeira mulher a ganhar esse importante prêmio da literatura, no ano de 1993.
  3. Jorge Amado: em 1994, no ano seguinte, foi a vez de Jorge Amado, o escritor baiano que teve as obras mais adaptadas para o audiovisual, como foi com a obra “Gabriela, cravo e canela”.
  4. Antonio Candido: o sociólogo e crítico literário levou o prêmio em 1998. Antonio Candido também atuou na Universidade Paris e na Universidade de Yale (EUA).
  5. Autran Dourado: o advogado, jornalista e autor de “A barca dos homens” recebeu o prêmio em 2000. 
  6. Rubem Fonseca: um dos maiores contistas da literatura brasileira foi escolhido em 2003. O seu último livro foi publicado no ano passado, em seus 93 anos de idade.
  7. Lygia Fagundes Telles: a escritora do famoso romance “As meninas” também foi laureada, em 2005. 
  8. João Ubaldo Ribeiro: o advogado, professor e escritor foi o vencedor do ano de 2008. “Sargento Getúlio” e “Viva o povo brasileiro” são algumas das suas maiores obras.
  9. Ferreira Gullar: um dos criadores do neoconcretismo levou o prêmio em 2010. O poeta tem importante contribuição para a literatura nacional e também foi postulante da ABL assim como Rachel de Queiroz.
  10. Dalton Trevisan: “o vampiro de Curitiba” também foi premiado, em 2012. A obra mais famosa do autor é “Cemitério de elefantes”.
  11. Alberto da Costa e Silva: o diplomata, poeta e especialista em cultura e história africana também foi laureado no ano de 2014.
  12. Raduan Nassar: o autor do clássico “Lavoura arcaica” e “Um copo de cólera” venceu em 2016. Hoje o autor deu uma pausa indeterminada na literatura e se dedica à literatura.
  13. Chico Buarque: o famoso cantor e também autor de “Leite derramado” foi escolhido em 2019.

No site oficial do Prêmio, estão apresentados todos os vencedores desde 1989, bem como cada membro do júri. Confira e descubra os detalhes dessa premiação literária tão importante!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.