Como é abrir uma Livraria

Já Falamos aqui em como é fechar uma livraria, mas abrir é algo bem mais longo e demorado, porém, gratificante. Tive a oportunidade de abrir duas livrarias, e ambas a abertura foi semelhante: muito trabalho, suor e no final, alegria.

Na maioria das vezes, temos somente uma semana para arrumar o que não tem nada em algo esplêndido. Dá um trabalho danado, mas conseguimos.

Tudo começa ainda em obra

Eu imaginava chegar em uma  loja vazia e cheia de prateleiras, mas não é bem assim. As lojas sempre continuam em obras quando entramos, não me pergunte porque, mas aquele ditado que obra sempre atrasa parece ser verdade.

A primeira coisa a fazer é receber os livros e deixar a equipe de logistica e estoque trabalhar. São eles que vão colocar todo o estoque no sistema para a loja funcionar a 100% no dia da inuaguração. A medida que eles vão liberando as caixas de livros, começamos a organizar de acordo com o mapa da loja as sessões.

A organização não tem um lugar específico para começar, vai depender de qual área está liberada pela obra e a quantidade de livros. As vezes precisamos manter os livros em algum local caso as prateleiras ou a área não esteja pronta. Cada dia é um pouco confuso nesse aspecto, mas acredite, leva uns dias pra entender.

Organização e exposição

Depois que os livros podem finalmente serem alocados nas prateleiras, tudo fica mais corrido e mais claro. A cada dia que começamos a colocar tudo no lugar passa a ser mais fácil. As exposições e mesas com grandes quantidades de livros, são as últimas a serem feitas. Isso porque muitas vezes as mesas não estão ainda montadas, outras porque ainda não temos visibilidade das grandes quantidades.

Mas acredite, muitas vezes as mesas são as mais trabalhosas. Isso porque quase sempre não temos a quantidade suficiente para deixar a mesa cheia e bonita. Dependendo da loja não é permitido fazer nada espetacular e bonito com os livros (piramides, escadarias e todo essas “artes” que eu adoro fazer) o que faz tudo ser bem mais complicado as vezes, pois é preciso manter tudo em uma altura igual.

Infantil é sempre o último

Não sei o motivo, juro que não. mas O setor infantil sempre fica pro final. Nas duas vezes que estive em abertura de livraria, o infantil foi feito no último dia. Ou não tinha as prateleiras, nem o piso, nem nada. E é difícil pois esse é o setor mais diverso e cheio de toda a livraria.

Para vocês entenderem, pensem assim: aonde você acha livros de histórias, dinossauros, biologia, grandes, pequenos, grossos, com música, todos juntos e  misturados? Pois é. E apesar de parecer uma bagunça, tudo tem sua forma de organização, e cada livraria tem a sua. Pode ser por idade, editora, tema…e descobrir tudo isso não é fácil não (mas já aviso que é a sessão mais divertida da livraria).

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.