16 Curiosidades sobre Gilmore Girls

Quem gosta de livros com certeza curtiu Gilmore Girls. Desde o início da série autores e suas grandes obras eram mencionados, citados ou somente passava pelas mãos ou proximidades das personagens. Aproveitando que a série retornou há poucos meses na Netflix, resolvi fazer uma listinha com algumas curiosidades na série: (mais…)

A Casa dos Espíritos (livro)

Tentei começar esse texto várias vezes tentando ser um pouco imparcial, se posso dizer assim, e fazer apenas uma resenha, mas não consegui. Gostei tanto desse livro que só tenho elogios para ele e acho que por isso esse texto vai ser meio que uma tentativa de encorajar vocês a lerem também. Para quem ainda não leu e/ou não tem ideia sobre o que trata o livro, quero oferecer um

Brooklyn

Você vai sentir tanta saudade de casa, que vai querer morrer. E não há nada que você possa fazer sobre isso, além de suportar. Mas você vai, e ela não vai matá-la, e um dia, o sol vai sair e você vai perceber que este é o lugar onde a sua vida está." Esse é o trecho de Brooklyn (Colm Tóibín, Companhia das Letras) que resume a história. É um

Recomeço

Já faz um bom tempo que esse espaço está parado. Muitas coisas aconteceram, sonhos precisaram de mais espaço para se realizar, e por isso, alguns projetos precisaram parar. Até tentei voltar há algum tempo, mas por diversos motivos pessoais acabei não conseguindo colocar pra funcionar. As vezes falta tempo, outros forças para fazer as mudanças que queremos. (mais…)

A História sem Fim – De volta à Fantasia

Existe um momento em nossas vidas em que acreditamos em muitas coisas extraordinárias. Criamos mundos fantásticos, imaginamos que o tanque da casa cheio de água é um mar gigantesco, que o terreno baldio da rua de trás é um estádio de futebol, conversamos com amigos imaginários que podem ser pessoas como nós, mas também podem ser fadas, animais falantes, até extraterrestres. Há ainda quem acredite em Papai Noel, Fada do Dente,

Retrospectiva Literária 2010 #2

A Luciana fez a Retrospectiva literária de 2010 e eu achei uma boa ideia fazer uma também. Consegui ler bastante ano passado. Ao todo foram vinte livros. Li alguns em inglês, uns mais teóricos e poucos clássicos. Em 2011 quero ler mais dos clássicos, senti falta. Meus favoritos foram: Retalhos (Craig Thompson) - O livro das ignorãças (Manoel de Barros) - Os trabalhadores do Mar (Victor Hugo) - O sol