Home>Cultura>Visite o Palácio da Liberdade

Visite o Palácio da Liberdade

O Palácio da Liberdade é o antigo gabinete do Governador de Minas Gerais e hoje está sediado no prédio Tiradentes, na cidade administrativa. O prédio é palco de importantes eventos da história de Minas Gerais. 

 

Foi construído em Belo Horizonte em 1897. O palácio tem um layout neoclássico, misturando estilos arquitetônicos de Luís XV aos mouros. Fundida na Alemanha, a escadaria principal tem um elegante estilo Art Nouveau. O jardim era uma extensão da praça, mas sem as grades que hoje cercam o palácio.

 

É um dos principais pontos turísticos de Belo Horizonte, e vamos mostrar nesse texto o porque você deve visitar esse local histórico.

 

Estrutura e história

A estrutura do prédio é composta por três andares e serve de moradia para o governador e sua família. Os ilustres convidados foram os ilustres ex-governadores e presidentes da república Juscelino Kubitschek e Tancredo Neves, além de Benedito Valadares e Milton Campos. 

 

Por volta da década de 1950, o Governador Juscelino Kubitschek construiu uma nova residência próxima a Mangabeiras como nova residência para o Governador, chamada Palácio das Mangabeiras. Na década de 1960, o governador Israel Pinheiro propôs a demolição do palácio para criar um edifício moderno. Edifício vertical projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. No entanto, a ideia foi rejeitada. 

 

O Palácio da Liberdade foi abandonado na década de 1970 por governadores que preferiam trabalhar no Palácio dos Despachos, e o Palácio da Liberdade foi novamente homenageado por Tancredo Neves, que foi despachado de lá, pois Eduardo Azeredo e Itamar Franco também começaram a fazer o mesmo.

De 2010 a 2015, o Governador foi despachado do Palácio Tiradentes, na cidade administrativa de Minas Gerais, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Durante este período, o Palácio da Liberdade integra o circuito cultural da Praça da Liberdade, utilizado para cerimônias solenes de passagem de posse. 

 

Em 2015, Fernando Pimentel voltou para a missão do palácio, mas não retomou seu cargo como governador de Minas Gerais até 2018. A partir de 2019, o governador Roma Uma optou por retornar ao Palácio Tiradentes, mas manteve o programa de visitação pública no espaço, que iniciou em dezembro de 2018.

 

O público pode visitar o espaço sábado e domingo das 10h às 16h. Também tem planos específicos para escolas e outros programas de educação não formal às quartas e quintas-feiras desde 2019. Para mais informações sobre como agendar uma visita, acesse http://circuitoliberdade.mg.gov.br/pt-br/spaces-br/Palácio da Libertação

 

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta