Home>Biografia>Anne Rice

Anne Rice

Conheça a trajetória de, escritora de ficção estadunidense.

Alice Rice foi uma autora estadunidense conhecida pelos seus romances de ficção. As suas obras costumam abordar principalmente romances sobre vampiros e algumas outras criaturas sobrenaturais. Confira um pouco mais sobre a sua trajetória de vida e de carreira.

 

Juventude

Anne Rice nasceu em Nova Orleans no dia 4 de outubro de 1941. Ela nasceu com o nome Howard Allen O’Brien, mas ela detestava tanto o seu primeiro nome ao ponto de decidir mudar para Anne ainda na primeira série. Cresceu em Nova Orleans, e a cidade era o luar ideal para crescer dentro de família católica irlandesa que contavam algumas histórias imaginativas. 

Com muitos cemitérios elaborados e uma herança Vodu, a sua cidade serviu de inspiração para muitas das suas histórias. Em 1956, a sua mãe faleceu por causa de complicações do alcoolismo e, em pouco tempo, a Anne adolescente negou a sua fé em algum Deus.

Ela concluiu o ensino médio no Texas e frequentou a Universidade de mulheres da cidade. Ainda muito jovem, com apenas 20 anos, ela se casou com o poeta Stan Rice, de quem herdou o sobrenome. No mesmo período, ela recebeu um MA e BA do San Francisco State College.

A sua filha Michelle tinha somente cinco anos de idade quando faleceu por causa da leucemia, e essa foi outra morte que abalou profundamente a vida de Rice.

 

Carreira como escritora 

Anne Rice escreveu o seu primeiro romance em apenas cinco semanas. A sua primeira obra foi “Entrevista com o Vampiro”, de 1976, onde ela faz uma referência a uma criança parecida com sua filha Michelle que ganha vida eterna quando vira vampira.

Esse livro foi o seu primeiro do bestseller Vampire Chronicles. Existem outros livros da série que também tiveram sucesso, são eles: The Vampire Lestat (1985),The Queen of the Damned (1988),The Tale of the Body Thief (1992),Memnoch the Devil (1995),The Vampire Armand (1998),Merrick (2000),Blood and Gold (2001), Blackwood Farm (2002), Blood Canticle (2003),Príncipe Lestat (2014),Príncipe Lestat e os Reinos da Atlântida (2016), e Comunhão de sangue (2018). 

O romances de Rice se concentram principalmente no vampiro eterno Lestat e possui uma ficção de vampiros iniciada no Egito antigo. Rice já afirmou que os vampiros são uma espécie de “metáfora perfeita” para o estranho que se encontra no meio de tudo, porém totalmente isolado.

Uma das suas inovações singulares nessa ficção fantasiosa foi o tratamento simpático dos personagens sobrenaturais disfuncionais. São os seres extravagantes, porém sensíveis que debatiam o real significado da vida, suportavam a solidão e o amor e enfrentavam alguns conflitos morais.

A sua primeira obra, Entrevista com o Vampiro foi adaptada para o cinema no ano de 1994, e o filme Queen of the Damned, de 2002, foi baseado na série inteira.

Rice também escreveu obras sobre estranhos da vida real em dois romances históricos: The Feast of All Saints, de 1979, e Cry to Heaven, de 1982. Em 1988, Rice retornou para Nova Orleans onde foi morar na mansão vitoriana que foi o cenário de três livros sobre bruxas Mayfair: The Witching Hour (1990), Lasher (1993) e Taltos (1994).

Posteriormente, ela começou uma segunda série de vampiros que apresentava Pandora (1998) e Vittorio the Vampire (1999), o último dos quais Rice descreveu como sua resposta vampírica a Romeu e Julieta.

No fim dos anos 90, Rice retornou para a religião católica depois de passar uma boa parte da sua vida como ateia. Mais tarde ela passou a escrever alguns livros que falavam sobre a vida de Jesus Cristo. Entre essas obras estão Cristo Senhor: Fora do Egito (2005) e Cristo Senhor: O Caminho de Caná (2008). 

O livro de memórias Called Out of Darkness: A Spiritual Confession foi publicado em 2008. Os romances Angel Time, de 2009 e Of Love and Evil: The Songs of the Seraphim, a Novel, de 2010, eram thrillers sobre anjos. 

Em 2010, Anne Rice rejeitou para o público o cristianismo, mas reforçou a sua fé em Jesus Cristo. Ela era bem ativa nas redes sociais e envolvia os seus fãs em discussões online de forma frequente.

Últimos anos

Anne Rice continuou trabalhando até os últimos dias de sua vida. Seus outros trabalhos ainda incluíram os romances independentes “Servant of the Bones”, de 1996, que falava sobre um gênio de nome Azriel, e a obra Violin de 1997, que conta uma história de fantasmas na qual a música figura de forma destacada.

Já na década de 2010 ela continuou lançando algumas obras que resgatam as suas raízes góticas, como The Wolf Gift de 2012 e The Wolves of Midwinter de 2013. Porém, no dia 11 de dezembro de 2021, Anne Rice nos deixou. Ela faleceu por causa de complicações decorrentes de um derrame cerebral.

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta