Livraria Saraiva – 100 Anos de História

A história da livraria Saraiva é como a de todas as livrarias brasileiras: negócios familiares (que geralmente começam com livros usados) que passaram de pai para filho. Embora hoje seja uma S/A (onde possuem ações a venda na bolsa de valores), a família Saraiva ainda possui parte da livraria para manter a tradição familiar de uma grande livraria.

Criação e história ao redor de livros jurídicos

Joaquim Saraiva nasceu em Portugal, mas mudou para o Brasil onde firmou residência. Em portugal ele já havia trabalhado em livrarias e, após 20 anos morando no Brasil, decidiu ter uma livraria sua. Sua primeira loja foi no largo do Ouvidor, em São Paulo, bem próxima à Faculdade de Direito do Largo do São Francisco.

Foi ali, em 1914, que nasceu a “Livraria Acadêmica”, primeiro nome que deu ao empreendimento, que nasceu a Saraiva. Não foi por acaso que a livraria foi aberta ali, Joaquim Saraiva se interessava por direito e tinha um certo conhecimento, e ao abrir a livraria, a principio vendendo livros acadêmicos usados, principalmente os de direito.

Com as vendas de livros jurídicos sendo o grande, a Saraiva começa a trabalhar em sua editora nessa área, que chega a crescer e se tornar importante nos anos seguinte. Se você é estudante de direito agora sabe porque boa parte dos grandes autores e livros jurídicos são da editora Saraiva! Foi com o sucesso da editora que A Saraiva começou entao seus passos mais largos.

Em 1944 Joaquim Saraiva Saraiva faleceu, e seus três filhos começam a dirigir os negócios que o pai iniciou. Foi separados três setores onde cada um se encarregava: Joaquim da livraria, Jorge da editora e Paulino das finanças da empresa.

Hora de Crescer

Foi em 1972 que a Saraiva abre sua segunda loja, na praça da Sé. Para expandir a empresa e crescer, os irmãos Saraiva se tornaram uma S/A, vendendo parte das ações da livraria do pai. Essas ações foram compradas por muitos ex-estudantes da faculdade, que compraram as ações como forma de homenagear Joaquim Saraiva, pessoa que os ajudou na compra e escolha dos livros para seus estudos.

Ao mesmo tempo, a editora prosperava, aumentando os títulos publicados, e lançando livros em diversas áreas de conhecimento como literatura e livros didáticos. O crescimento da editora e o aumento das lojas nas próximas décadas transforma a forma como a Saraiva trabalha, e passam a faer a própria distribuição dos seus títulos, o que ajudou e muito a expansão das livrarias.

Foi somente nos anos 90 que começa um segundo ciclo para a Saraiva com a abertura das chamadas megastores: lojas gigantescas e com um uma cartela de produtos que vão além de livros: papelaria, cds, dvds e outros produtos começaram a ser inseridos dentro das lojas organizadas por departamentos, buscando sempre que estejam em harmonia.

A maior rede de livraria do país

O próximo passo para crescer foi entrar no mundo virtual e, em 1998, a Saraiva cria o tão conhecido site saraiva.com, que cresceu e se tornou um dos maiores sites de compra de livros do Brasil. Esse foi o primeiro passo para a Saraiva crescer e chegar as residencias de todo o país. Isso também permitiu o sistema de informatização, que conectou todas as livrarias Saraivas, que puderam atender o cliente com

Mas em 2007 foi o ano de mais um passo: com a compra da rede de livrarias Siciliano, a Saraiva passa ter controle de 98 lojas em todo país. O processo de fusão durou cerca de 01 ano e começou no ano seguinte, com o fechamento provisório das lojas Siciliano e reabertura após uma reforma nos espaços com nova estrutura e a marca Saraiva.

Uma curiosidade pessoal: eu fiz parte dessa mudança!!! Sim, participei de todo o processo de fechamento das lojas Siciliano em Brasília e montagem das Saraivas no Distrito Federal.

Nos anos seguintes a Saraiva abriu mais lojas, e passou a possuir 112 lojas físicas (esse número foi reduzido nos últimos dois anos devido a crise financeira, que fechou algumas unidades pelo país). O site não está atualizado com o número de lojas, mas estiva-se que só em 2017 foram cerca de 13 lojas.

A editora Saraiva também foi vendida, com a alegação de ter uma total dedicação ao setor varejista. a empresa Somos Educação comprou a editora em 2015 e continua com a marca Saraiva funcionando.

Agora, com mais de 100 anos na mala, a Saraiva continua no mercado brasileiro, trazendo livros e cultura para todo o país. E ainda continua sendo a maior rede de livrarias do país.

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Livraria Saraiva – 100 Anos de História

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.