O Castelo de Vidro

Um livro autobiográfico geralmente relata histórias tristes. A maioria ou não tem final feliz ou fala de momentos de dor passados por seus personagens. O livro O Castelo de Vidro (Nova Fronteira, 368 páginas) não muda neste ponto, mas se diferencia pela forma como a historia é relatada. Jeannette Walls é jornalista e já trabalhou em importantes jornais americanos como o US Today, estudou em uma boa faculdade e mostrou

Cavalos Partidos

O primeiro livro da jornalista Jeannette Walls foi sua autobiografia intitulada O Castelo de Vidro. Este livro (já resenhado aqui no Beco das Palavras) foi uma válvula de escape que a autora usou para mostrar ao mundo aquilo que a deixava mais encabulada: o fato de seus pais serem moradores de rua. Apesar de ser algo constrangedor para uma jornalista conhecida em Nova York, no livro Jeannette mostrou a si