Publicado em Literatura

A Garota dos Pés de Vidro

Em um momento em que a literatura fantástica está saturada de vampiros, e agora anjos, eis que surge uma história bem diferente disso tudo. Em seu livro de estreia o britânico Ali Shaw cria uma romance fantástico indicado a vários prêmios e vencedor do The Desmond Elliot Prize.

O livro nos conta a história de Ida Maclaird, uma jovem aventureira que após começar a se transformar em vidro decide retornar ao arquipélago de Saint Hauda’s Land um lugar especial, diferente de qualquer outro. Um lugar que o autor descreve como monocromático, de florestas brancas, pântanos repletos de corpos de vidro e animais nada comuns. Continuar lendo “A Garota dos Pés de Vidro”

Publicado em Literatura

A Última Música

Resenhar livros do Nicholas Sparks é complicado, afinal toda a emoção que sentimos ao ler o livro volta a tona, e com isso tenho que me controlar para não escrever muito e contar toda a história e assim estragar sua leitura.

Poucos autores conseguem construir tão bem um personagem como Nicholas Sparks, confesso que no início achava Ronnie uma chata, mas com o tempo e conhecendo melhor a personagem é difícil não se apaixonar. A principio Ronnie não passa de uma garota mimada que mesmo tendo conhecimento de “certo vs errado” escolhe a segunda opção para atormentar a vida de seus pais, afinal ela nunca compreendeu ao certo os motivos que os levaram ao divórcio. Ok, é até compreensível, afinal ela não passa de uma adolescente, mas que cansa, cansa. Continuar lendo “A Última Música”

Publicado em Literatura

Espelho Quebrado

A cada livro que leio, me surpreendo mais com os autores brasileiros, Lima Neto tem uma forma de escrever e narrar a história que nos prende logo nas primeiras páginas. Tudo bem que a trama ajuda e muito, afinal começar um livro com uma morte de um ente querido, e visto através dos olhos de uma criança ajuda e muito; sim o livro já começa dessa forma, e apesar de ser uma trama secundária, tem um papel fundamental no desenvolvimento da história.

Gabriel, com apenas 9 anos de idade teve sua vida transformada por uma tragédia, seu irmão mais velho veio a falecer. E com isso sua vida inteira mudou, afinal sua mãe achou melhor mudarem de casa, e no caso de Gabriel isso significava mudar de escola, perder contato com seus amigos, sem contar com o medo de esquecer de seu irmão e as lembranças que a antiga casa trazia a tona.

O livro é basicamente a história de Gabriel, e os caminhos que a vida pode tomar. Acho difícil alguém não se identificar com a trajetória do personagem. No meu ponto de vista, a adolescência de Gabriel, é o melhor do livro, me trouxe lembranças a muito esquecidas (não que faça tanto tempo assim), mas é narrado com tanta naturalidade, que nos faz reviver um momento muito bom de nossas vidas, as descobertas, os medos, as mudanças, decepções. Continuar lendo “Espelho Quebrado”