O eterno marido, de Fiódor Dostoiévski

Há um bom tempo eu não lia nada de Dostoiévski. Pra ser sincera, nem lembro qual o último livro do autor que eu li, mas acredito que tenha sido O crocodilo. Encontrei O eterno marido em uma promoção na Amazon para Kindle. Em abril, o livro estava de graça no site, mas aumentou drasticamente para 0,20 centavos. Isso mesmo que você leu. A trama deste livro é narrada em 3ª pessoa,

Casa Museu Dostoievski

A literatura russa se tornou uma das queridinhas dos brasileiros. Repleta de autores consagrados e com uma forma única de produção, os russos tem cadeira cativa no coração dos leitores de todo o mundo. Um dos maiores nomes desse país é Fiodór Dostoiévski. Residência que se tornou Museu Apesar de ter nascido em Moscou, Dostoiévski viveu grande parte de sua vida em São Petersburgo (até então capital do Império russo).

Gente Pobre

Gente Pobre foi o primeiro livro de Dostoiévski, escrito quando ele tinha 25 anos. Ele é todo composto em forma de cartas trocadas entre os personagens principais, Varvara e Makar. O livro começa com uma carta de 8 de abril de Makar e termina com uma de Varvara, de 30 de setembro. Makar Diévuchkin é um copista de parcos recursos que se derrama em cuidados com a jovem Varvara, também

Os Irmãos Karamázov

Quando escolhi os Irmãos Karamázov para ler no Desafio Literário, sabia que seria um desafio mesmo. Afinal, um livro com 999 páginas (para ser bem exata) não seria fácil ler em trinta dias quando se estuda, trabalha, tem outras responsabilidades e pegar um ônibus lotado onde se fica em pé no escuro, tirando toda a possibilidade de aproveitar o trajeto para ler. Mas me considero uma vencedora por ter atrasado