Ponciá Vicêncio

Comecei minhas leituras de 2018 com Ponciá Vicêncio. Meio sem querer, acho que escolhi uma autora e um livro que de algum modo são realmente introdutórios a esse desafio literário: 12 livros escritos por mulheres negras para 2018. Por que digo isso? Porque a história de Ponciá, ao mesmo tempo em que é única, poderia ser a história de muitas mulheres negras. No prefácio, Conceição Evaristo deixa evidente que a construção de sua personagem foi inspirada em diversas mulheres que passaram por sua vida, com quem teve contato. Em certa medida, foi inspirada também em sua própria história. É o que a autora chama de escrevivência, trata-se de uma ficção, mas tem como base histórias reais. Quero compartilhar, então, minhas impressões sobre Ponciá Vicêncio, esse livro que gostei bastante. Continuar lendo “Ponciá Vicêncio”

Desafio Literário: janeiro – 2018: Conceição Evaristo

Depois de finalmente terminar meus comentários sobre o desafio do ano passado, começo a falar do Desafio Literário: 12 livros escritos por mulheres negras para 2018. Na verdade, já terminei o livro de fevereiro também, mas não queria começar a falar sobre eles sem finalizar aqui no blog as leituras de 2017. Por isso, apenas agora estou aqui para falar sobre o livro que dá início a esse desafio, mas meus planos são de fazer essas publicações assim que terminar a leitura, seja no meio ou no fim do mês, ou no início do mês seguinte. Vamos torcer para que nenhum imprevisto aconteça no meio do caminho e tudo dê certo.

Bem, como fiz no desafio do ano passado, quero separar em duas publicações minhas impressões sobre a leitura do mês. Na primeira falo sobre o motivo de ter escolhido o livro e a autora para minha lista, às vezes fazendo uma breve apresentação da autora. Na segunda falo sobre o livro propriamente dito. Então hoje vamos falar sobre Conceição Evaristo, que foi a autora de janeiro. Continuar lendo “Desafio Literário: janeiro – 2018: Conceição Evaristo”