Home>Política e Sociedade>O que é Economia

O que é Economia

A economia é um dos temas mais importantes para a sociedade hoje. Citadas nos principais jornais diariamente e ligada diretamente à política, é preciso entender o que é e suas consequências para si próprio

 

A palavra economia vem do grego, que significa administração da casa, e a partir dessa ideia que se tornou uma ciência posteriormente. Seu objetivo é estudar as escolhas dos indivíduos, analisando a produção e distribuição e consumo de bens e serviços.  

O termo em si foi melhor esclarecido apenas no século XIX, mas muitos estudiosos afirmam que Platão e Aristóteles já estudavam o conceito em sua época. 

 

Dois principais sentidos de economia

 Quando falamos em “Economia”, inicialmente pensamos em guardar, no sentido de economizar dinheiro. Esse é apenas um dos sentidos da palavra. Se uma pessoa não gasta tudo aquilo que ganha, pode economizar, isto é, ter uma reserva de dinheiro para alguma necessidade futura, como comprar uma casa ou um automóvel, pagar despesas com educação, serviços etc.

 Mas há outro sentido para a palavra Economia. É uma ciência que estuda as operações feitas com dinheiro (físico ou virtual), abrangendo todas as pessoas de um país.

A ciência econômica tenta explicar o funcionamento dos sistemas econômicos e as relações com os agentes econômicos (empresas ou pessoas físicas), refletindo sobre os problemas existentes e propondo soluções.

 

Atividades econômicas

 A agricultura, a prestação de serviços e a indústria são atividades econômicas, pois produzem coisas que vão render dinheiro. O comércio e o transporte das mercadorias agrícolas e industriais também rendem dinheiro para as pessoas, e estão incluídas nas atividades que a Economia estuda.

 Um psicólogo, um professor, um cabeleireiro, etc., são pessoas que prestam serviços aos outros, e recebem dinheiro por isso. As prestações de serviço também estão incluídas nas atividades econômicas. Este é o setor de serviços de uma economia.

 

Importância do conhecimento econômico para a população

Nós, enquanto consumidores, buscamos sempre comprar os bens e serviços que desejamos, respeitando nossas restrições orçamentárias.

A ideia é “maximizar bem-estar” dentro das nossas condições financeiras. Para isso, é importante que entendamos alguns pontos: 

  • Quando comprar?
  • O que comprar?
  • Por que comprar?

Todas as respostas possíveis para essas perguntas envolvem questões econômicas internas e externas. Na visão do consumidor, os pontos mais importantes a serem observados são a inflação e a taxa de juros.

A inflação é o aumento geral de preços da economia. É natural que, anualmente, os preços aumentem. Entretanto, em épocas de inflação acelerada, o consumidor pode ver a sua cesta de consumo ficando cada vez mais cara.

Além da inflação, o consumidor deve estar atento à taxa de juros, especificamente a Selic, que é a taxa básica de juros da economia brasileira. Quando a Selic aumenta, as demais taxas de juros aumentam. Ou seja, um aumento na Selic provoca um aumento de juros para empréstimos bancários.

Portanto, em época de alta nos juros, o consumidor deve evitar empréstimos. E, quando há uma redução na Selic, o consumidor pode aproveitar para renegociar dívidas.

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe uma resposta