Publicado em Literatura, Literatura Estrangeira

Os Vários Sabores do Café

Os Vários Sabores do Café (Editora Record), é o quinto livro de Anthony Capella, autor nascido em Uganda, graduado em Literatura e pelo que eu vejo, apaixonado por comida.

O livro é ambientado principalmente em Londres, entre 1890 e 1920 e, narrado pelo protagonista, o até então jovem Robert Wallis. A Londres da obra é marcada por disputas nos preços do café e também pelas decisões unicamente masculinas e patriarcais e é dentre estes princípios que conhecemos a história.

Logo de início, Robert confessa que não gosta de como se portava em sua juventude e por meio de muitas histórias e descrições sensuais, entendemos melhor o por quê. Wallis é um aspirante a poeta o qual sobrevive graças às mesadas de seu pai e, quando elas são cortadas, o rapaz decide aceitar a proposta de trabalhar para um produtor de café, o Sr. Pinker, escrevendo descrições inovadoras de gostos e cheiros de café.

Durante a leitura eu consigo entender melhor por que o Robert do final do livro não gostava tanto do antigo. Mesmo conhecendo e se apaixonando por Emily, filha do Sr. Pinker, nosso protagonista não deixa para trás seus hábitos boêmios e consumistas: é um rapaz mimado e egocêntrico. Enquanto Wallis passa seu tempo com prostitutas e criando dívidas, conhecemos Emily, uma jovem confiante (e anda perfeita), que apoiava os movimentos sufragistas da época.

Os dois se apaixonam e para provar que era realmente perfeito para a garota, Pinker o envia até a África para que volte do local com novidades e melhorias na produção de café. Wallis passa cerca de dois anos entre os africanos, se apaixona por uma bela nativa e então passa a duvidar de seus sentimentos pela moça delicada, mas forte, de Londres.

Os Vários Sabores do Café não é um livro comum; ele não fala só sobre o amor ou sobre as provações de um casal apaixonado. O livro retrata fatos das transações comerciais daquele tempo e como funcionavam os movimentos feministas, com narrações baseadas em acontecimentos reais.  Ele contém um pouco de tudo: realidade, ficção, amor, café, ironia…

E sim, muito se fala sobre os vários sabores do café. Seus vários cheiros, aromas, gostos, sentidos… Além de se viciar ainda mais em café, provavelmente esta obra de Anthony Capella é uma ótima recomendação.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s