Publicado em Literatura, Literatura Estrangeira

A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

Os fãs da saga Crepúsculo esperaram ansiosos por esse lançamento. Stephenie Meyer  lança esse mês um pequeno “adendo” da saga mais procurada nas livrarias de todo mundo intitulado “A Breve Segunda Vida de Bree Tanner“.

A história esclarece o evento ocorrido no terceiro livro da série “Eclipse” (que chega esse mês aos cinemas), na qual acontece a luta final entre o clã Cullen e a vampira Victoria, que cria vários vampiros para lutar contra o clã e destruir Bella, vingando a morte de seu companheiro, que aconteceu no primeiro livro.

Bree é uma adolescente por volta dos 15/16 anos que é transformada por Victoria poucos meses antes da grande batalha que acontece em Eclipse. Ela relata esse breve momento de sua vida, após ser mordida até ser morta na luta.

Bree é jovem, não entende porque foi mordida, mas busca entender as coisas que acontecem à sua volta. Aos poucos, ela relata o que vê junto com outros vampiros recém criados e os hábitos de cada um. Vai aprendendo aos poucos como é ser uma vampira e autocontrole.

Mas Bree também desconfia de sua criadora, que nunca vê e sequer sabe seu nome. E para entender o porquê desse silêncio, aos poucos Bree vai descobrindo as mentiras que são ditas sobre os vampiros. Isso faz Bree perceber que algo está errado quando se depara com os estranhos vampiros que andam silenciosamente e usam túnicas negras.

As dúvidas de Bree são as mesmas que o leitor tem ao ler Eclipse. Ninguém sabe ao certo Victoria conseguiu esconder por tanto tempo seu plano de criar vampiros para lutar contra os Cullen. Neste livro Meyer mostra como ela conseguiu bolar esse plano sem ser descoberta, além de fatos surpreendentes.

O texto de Meyer aqui não é diferente do produzido em Crepúsculo, portanto quem gostou da saga irá adorar esse livro.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

21 comentários em “A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

  1. Uma coisa que você falou aí foi o que eu também curti. O texto é no estilo do Twilight então é voltar pra algo totalmente familiar ler esse livrinho. E isso foi bacana também.

  2. Excelente dica! eu adoro a saga e com certeza irei adorar esse livro.
    adorei o post, um assunto que gosto muito. Saga crepusculo.

  3. acredito que o livro fica interessante por isso. Como ela fala da saga, se mudasse a forma de escrita ficaria estranho.

  4. Acabei de chegar do shopping com esse livro em meio as minhas compras. Mas comprei em inglês pra treinar!

    Fui a um lançamento do livro Sussurro que você resenhou no post anterior, comprei e estou lendo! Uma delícia de livro.

    Obrigada pela dica, beijos!

  5. Não li a saga Crepúsculo, mas achei interessante a autora fazer um adendo dos livros, uma complementação. Muitos autores fazem isso quando as obras fazem sucesso, pra implementar a saga.
    Só espero que a SM não fiquei ‘enchendo linguiça’ nesses livros novos hehe.

  6. estou sem coragem de ler este livro, mas algum dia com certeza irei fazer isto, pq coleção é coleção, se faz parte de algo que já li, gosto de seguir até o final

  7. Não sou fã da série, na verdade confesso que não li o livro – mas a temática da forma como foi exposta (pelo menos como ouvi ter sido esposta) não me é de grande interesse. Gosto de historias com vampiros, mas com vampiros!

    Enfim, mto legal o site, adoro ler…^^

  8. Então, sinceramente eu não gostei muito de Crepúsculo. Por “n” motivos que me moldaram para ser extremamente contra Stephanie Meyer, representada na Saga. Talvez seja porque a narração da adolescente fosse extremamente cansativa em certos momentos, lembrando-me algumas amigas minhas em seus ataques histéricos para contar suas histórias. Ou talvez porque eu esteja completamente moldado ao estereotipo de vampiro de Anne Rice e Bram Stocker, escritores de grandes obras como “Drácula” e “Entrevista com o Vampiro”, onde o vampiro se mostra como uma figura aterrorizante, manipuladora e muitas vezes, cruel.

    De qualquer forma, a literatura de Meyer não me agradou, contudo não posso denegri-la. Fez uma ótima obra – da qual li os dois primeiros livros – e criou um novo universo para vampiros e lobisomens, com diversas diferenças para o mundo no qual eu estava acostumado mergulhar.

    Procurarei críticas e opiniões sobre o novo livro de Meyer, e, caso me agradar, o comprarei para ler.

    Contos e Poemas, escritos por mim, em:
    http://www.let-me-fly-with-you.blogspot.com

  9. Bnoite, devo ser franco que não assisti aos filmes, e que também não li os livros, devo confessar também que, parei meu romance sobre esses seres justamente por ser uma das grandes febres atuais, para todos os lados que se olha, se vê algo sobre vampiros, no entanto, sou partidário do vampiro, misterioso, malvado e sensual, como de Bram Stocker e outros que se tornaram clássicos… Sinto muito pelo coments, mas esta é minha opinião. Abracos e visite o meu blog tambem

  10. Ah cara eu quero ler, minha amiga do trabalho chegou com uma versão em iglês hoje.
    Sábado tem o lançamento do livro aqui em Recife.

    Passa lá no nosso! *.*
    Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s