Home>Política e Sociedade>Partidos de Direita Brasileiros

Partidos de Direita Brasileiros

Com as eleições próximas, muito se questiona qual a preferência política de cada um. Enteder as ideologias e partidos pode auxiliar a entender o próprio pensamento

 

Na política atual brasileira, existem três vertentes em que os partidos políticos seguem como ideais: direita, centro e esquerda. 

Direita é uma palavra usada para representar um posicionamento político, partidário e ideológico. De acordo com o conceito das Ciências Políticas o posicionamento político de direita é marcado por características mais conservadoras em relação a aspectos sociais e de governo.

 

Origem

Esses conceitos surgiram devido ao lado que os parlamentares franceses sentavam na Assembléia Legislativa na época da revolução francesa. Aqueles que sentavam no lado direito eram todos os políticos favoravéis ao antigo regime do país. Defendiam a hierarquia e a tradição como estava, sem grandes mudanças significativas para aqueles que estavam fora da alta sociedade. 

Esse grupo era composto por aristocratas, chamados de Girondinos e que defendiam que as transformações fossem mais lentas, não rompendo totalmente com a ordem tradicional, mantendo o status quo

A partir do século XIX, com a consolidação do capitalismo e a expansão do antagonismo entre burguesia e proletariado, a burguesia passou a agir de forma mais conservadora, alinhando-se mais aos ideais da direita.

Este termo só passou a ser usado no século XX, quando passou a descrever discretamente a posição que políticos e ideólogos defendiam no plano de governo que apresentavam.

 

O que a direita defende

A ideologia política da direita entende que a sociedade será melhor organizada se os direitos individuais tiverem prioridade sobre os direitos de todos, ou seja, da coletividade. É um posicionamento considerado mais conservador. Por ser comum ouvir discursos que pregam sobre a propriedade privada, um direito fundamental previsto na Constituição de 1988. Este é defendida pela ideologia de direita que considera a propriedade privada como um direito individual, sendo utilizado exclusivamente pelo indivíduo que adquiriu o bem.

A direita também defende que o poder  limitado do Estado. Os governos não devem ter tanto poder sobre o funcionamento e a regulamentação dos setores da sociedade e das empresas. Isso significa que parte da responsabilidade deve ser dos cidadãos e não do Estado.

Acredita também no conceito de livre mercado, em que as empresas tenham liberdade para agir e se regulamentar por conta própria, sem sofrer intervenção por parte do Estado.

 

Partidos considerados de direita no Brasil

Atualmente, existem quatro partidos considerados de “direita” tradicionais, sendo eles o PSC, PP, Partido Novo e o União Brasil.

O Partido Social Cristão (PSC) nasceu em 1985 se alinhando à ideologia de direita, com a premissa de que o cristianismo é algo que se estende à religião, defendendo termos como “pró-vida” e “pró-família”.

Já o Partido Progressista (PP) foi criado em 1995 com a fusão do Partido Progressista e o Partido Progressista Reformador, tendo como sigla o PPB. A partir de 2010, houve a mudança para a sigla PP, alinhando-se à ideologia de direita.

Enquanto o Partido Novo é de 2011, defendendo um Estado Mínimo e desburocratizado. Com o fim dos privilégios públicos e combate à corrupção e se auto declarou de direita.

Por fim, o União Brasil é um partido novo criado para as eleições de 2022. Formado através da fusão do DEM e do PSL, em que historicamente o DEM era um partido de centro-direita.

Agora ficou mais claro o que é um partido de direita? Deixe nos comentários dúvidas ou opiniões

 

Luciana
Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

One thought on “Partidos de Direita Brasileiros

Deixe uma resposta