Home>noticias-corporativas>Equipe SFICHIPS conquista o quinto lugar do Sertões

Equipe SFICHIPS conquista o quinto lugar do Sertões

30/8/2021 – O piloto Paulo Goes e o navegador Jefferson Teixeira, da equipe SFICHIPS, comemoraram o quinto lugar da categoria Protótipos

A dupla Paulo Goes e Jefferson Teixeira subiu ao pódio da categoria Protótipo do maior rali das Américas

Foram nove etapas disputadas na 29ª edição do Sertões, realizada entre os dias 13 e 22 de agosto, com largada inédita da Praia da Pipa, em Tibau do Sul (RN). A chegada em Tamandaré (PE) também foi novidade na história do evento. No grid estavam 189 veículos – 66 motos e quadriciclos, 87 UTVs e 36 carros.

Com o tema Sertões 100% sertão, a prova percorreu sete dos nove estados nordestinos, revelando grandes belezas naturais de uma das regiões mais inóspitas deste país. Entre tantos tesouros nacionais, o Sertões destacou três que estiveram ao longo do percurso de 3.615 quilômetros: a Serra da Capivara (PI), o Rio São Francisco e o Raso da Catarina (BA). Em trechos cronometrados, foram 2.202,37 quilômetros, o que representa 60% do trajeto total.

Dias de superação

O piloto Paulo Goes e o navegador Jefferson Teixeira, da equipe SFICHIPS, comemoraram o quinto lugar da categoria Protótipos. Mas para subir ao pódio, não foi simples. Eles passaram por algumas adversidades, como o princípio de incêndio na Mitsubishi Triton RS na primeira perna da etapa Maratona, sendo penalizados em 25 horas, nesta importante fase da competição.

Ao retornar à disputa, eles imprimiram um ritmo forte e ultrapassaram todos os concorrentes diretos. Tiveram dificuldades em uma das ultrapassagens e, por um algum tempo, conduziram o carro em meio à intensa poeira. Sem visibilidade, bateram a dianteira do veículo em uma depressão do terreno. “Um dos bicos injetores trabalhou aberto e ficamos com cinco cilindros até o final do trecho”, lembrou Goes. Por fim, na etapa 8, a homocinética e o diferencial dianteiro quebraram e os off-roaders não concluíram este estágio.

Devido às constantes chuvas nas regiões de Alagoas e Pernambuco, próximo ao litoral (algo fora do normal), o trecho cronometrado da nona e última etapa do Sertões foi cancelado. Dessa forma, os participantes seguiram em deslocamento para a grande chegada, no Forte Santo Inácio de Loiola, mais conhecido como Forte Almirante de Tamandaré.

“O Sertões é uma emoção todos os dias: é quebrar na especial e sair da trilha depois da meia noite, é cortar madeira para abrir uma saída, por exemplo; é contar com a solidariedade das pessoas que moram nos arredores da trilha; é superação diária. É na rampa de chegada que você se dá conta do quanto valeu todas as lutas para atingir um resultado significativo como esse que conquistamos”, disse o piloto. “O Sertões é alucinante e, em 2022, estaremos de volta”.

As cidades que receberam o Sertões foram Tibau do Sul (RN), Patos (PB), Araripina (PE), São Raimundo Nonato (PI), Xique-Xique (BA), Petrolina (PE), Delmiro Gouveia (AL), Arapiraca (AL) e Tamandaré (PE).

Ação social

A equipe SFICHIPS ainda desempenhou o seu lado social em todas as etapas do Sertões. Com patrocínio da Vapza Alimentos, Goes e Teixeira doaram caixas de alimentos às comunidades dos entornos. “Por serem embalados a vácuo, em embalagem resistente e livre de BPA, pudemos transportar esses itens conosco, e foi gratificante ver a alegria das pessoas que receberam esses produtos. Então, além da sensação maravilhosa que temos como competidores e superarmos nossos próprios limites, também pudemos sentir essa paz no coração de fazer o bem ao próximo”, encerrou Goes.

Website: http://www.liberdadedeideias.com.br

Deixe uma resposta