Publicado em Literatura, Literatura Estrangeira, Literatura Infanto-Juvenil

A Pirâmide Vermelha

Muitos viram o final da série Percy Jackson e os Olimpianos como o término de uma ótima (e educativa) série de aventuras. Mas engana-se quem pense que o autor, Rick Riordan, iria parar por aí ou não ter uma idéia genial para outra série. Prova disso é que em novembro deste ano chegou às livrarias brasileiras A Pirâmide Vermelha (editora Intrínseca), primeiro livro da série As Crônicas dos Kane,  mostra que o autor está mais afiado do que nunca.

Neste livro o leitor é apresentado à família Kane, o pai Julius Kane, um famoso arqueólogo, especialista na cultura do antigo Egito e autor de diversos livros sobre o tema. Viúvo, Julius Kane vive viajando para fazer mais estudos e realizar palestras ao lado do seu filho, Carter, de 14 anos. Sua outra filha, Sadie, de 12 anos, vive na Inglaterra com os avós maternos.

A vida dos irmãos são bem diferentes. Enquanto Sadie freqüenta uma escola inglesa, possui amigos e cuida de sua gata Muffin, presente de seu pai após a morte de sua mãe, Carter não freqüenta a escola e nem tem uma residência fixa devido às constantes viagens de seu pai. Por conta disso, os irmãos só se vêem duas vezes por ano. E é uma dessas visitas que os irmãos terão uma reviravolta em suas vidas.

Após o encontro da família em Londres, Julius promete aos filhos que tudo voltará como era antes. Mas o misterioso plano dele não dá certo e as crianças se vêem sem o pai e com uma encrenca que, para eles é inimaginável.

Sadie e Carter descobrem que fazem parte de uma antiga linhagem de faraós egípcios, pessoas poderosas que possuem conhecimento da magia do Egito e, em tempos muito antigos permitiam que os deuses egípcios se “hospedassem” dentro de si, governando o Egito juntos: homem e deus. Possuir um hospedeiro é a única maneira dos deuses viverem na Terra junto com os humanos

Com o passar dos séculos, a Casa da Vida (uma ordem secreta que possui conhecimento da antiga magia egípcia), busca manter os deuses egípcios longe deste mundo para evitar mais batalhas. Por isso proibiu que os deuses sejam evocados e que se hospedem nas pessoas.

Ao executar seu plano, Julius kane libertou os antigos deuses egípcios que estavam presos há muitos anos e foi feito prisioneiro de Set, um dos deuses egípcios mais temidos que pretende transformar em deserto todo o mundo. Agora eles precisam descobrir como salvar o pai e o mundo antes do aniversário de Set e eles contam somente com a ajuda de Bastet, a deusa egípcia dos gatos, que prometeu a Julius que os protegeria.

Os capítulos foram geniosamente distribuídos e relatados pelos irmãos Kane, onde temos como narrador ora Carter, ora Sadie, em forma de gravação digital. Assim sabemos o que falaram e até a opinião do outro que não está narrado no momento. Isso fez a história ser divertida e ao mesmo tempo, mostra a diferença de personalidade de cada Kane.

E apesar de tudo que acontece, o mistério ainda paira no ar, com uma boa dose de confusão, que faz o leitor ter dificuldade de saber quem são os hospedeiros dos deuses, quem não são. E mesmo no final fazemos descobertas que não há como imaginar com antecedência, graças ao cuidado que Riordan teve ao escrever, fazendo o leitor se surpreender do começo ao fim.

Como sempre Riordan usa o seu conhecimento de literatura e história (para quem não sabe, o autor foi professor de história e inglês por muitos anos) e criou uma história fantástica. A medida que um deus ou divindade aparece na história o leitor corre pra internet para buscar mais informações sobre o assunto, prova de como Riordan nos deixa curiosos pela história antiga. Sem percebemos estamos aprendendo a matéria que vimos (ou veremos) na escola.

Com certeza, A Pirâmide Vermelha é uma ótima série para acompanhar em 2011, não é a toa que já está na lista dos mais vendidos da revista Veja. Se ficou curioso, você pode ler o 1º capítulo clicando aqui.

E para quem quiser saber um pouco mais sobre o livro, personagens e a história do Egito, visite o site das Crônicas dos Kane.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

6 comentários em “A Pirâmide Vermelha

  1. Quero muito ler A Pirâmide Vermelha *_* Eu adoro a narrativa do Rick Riordan e acho o máximo ele sempre se utilizar de mitologia em seus livros – você lê um livro e ainda aprende um pouquinho das crenças de outros povos!!! E se a mitologia greco-romana já foi o máximo, imagina a egípcia??? Quero muito ler esse livro \o/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s