Publicado em Cinema, Clássicos da Literatura, Literatura, Literatura Estrangeira

Mary Poppins

Que tal voltar um pouco à infância?

Não sei se vocês têm o costume de ler literatura infantil ou juvenil. Eu leio e adoro! Encomendei a versão em inglês do livro de P.L. Travers, Mary Poppins, lançado em 1934. Comprei porque o filme Mary Poppins (1964, Walt Disney) é o meu favorito de todos os tempos. É realmente um musical encantador! Assista uma parte do filme:

O livro é bem diferente do filme. A autora inglesa P.L. Travers lançou outras cinco obras com histórias da babá mais adorada pelos ingleses. O primeiro livro revela um pouco quem é Mary Poppins, além de dar um gostinho de suas habilidades “mágicas”.

A criatividade de Travers faz qualquer adulto viajar em seus contos. Fui levada para zoológicos de homens; viagens pelos quatro cantos da Terra; um quarto de um senhor que de tanto rir foi elevado para o teto; cachorros com pensamentos e diversos outros malabarismos realizados pela babá.

O interessante desta Mary Poppins da literatura é que ela é muito mais narcisista e cínica. Ela para em todas as lojas para poder se olhar no espelho e, depois de cada aventura ela fingia que nada havia acontecido, que era apenas imaginação de Jane e Michael. As crianças, no entanto, sabiam que não era imaginação.

Gosto de escritores britânicos antigos porque é visível a didática e lições encontradas no decorrer das histórias. Lendo, me sinto levada de volta para Londres em 1934 e, faço parte de toda a rotina dos ingleses. Este livro é maravilhoso para as crianças e interessados.

O objetivo da autora é estimular a criatividade dos pequenos leitores. Mary Poppins é uma babá com poderes mágicos secretos. Ela é “praticamente perfeita (pratically perfect) e adorada por todos, até mesmo pelos animais.

Uma curiosidade do livro é que P.L. Travers inclui em uma das histórias, a existência de um faisão brasileiro. Achei interessante encontrar isto enquanto lia.

Quem quiser comprar um livro, visite o site da Livraria Cultura. Recomendadíssimo!

Autor:

Formada em Letras pela PUC-SP. Adora ler, assistir filmes e musicais, conhecer bandas novas, sair para bater papo. Tenta ver a beleza nas coisas mais insignificantes. Acredita no ensino. Ensina na You Move.

13 comentários em “Mary Poppins

  1. Nossa, que bom relembrar Mary Poppins!!! Foi meu filme preferido por muitos e muitos anos, durante toda minha infância, e sempre foi um prazer poder assistir novamente a esse clássico!
    Quanto ao livro, nunca li, mas fica aí uma boa dica para voltar no tempo e relembrar aqueles dias de encantamento e magia…
    Parabéns pelo blog!

  2. Mary Poppins é um clássico. uma pena que hoje em dia não se façam coisas tão mágicas como era antigamente. nesse mundo cheio de superficialidade fico feliz em ver alguém que ainda admira Mary Poppins. O filme me marcou, mas não li o livro.

    Abraços.

  3. impossível não gostar dos filmes antigos da disney.

    E concordo com o que disse com os clássicos ingleses, eles sempre trazem algo que nos faz pensar, descobrimos sempre alguma lição bem perceptivel, fora que a linguagem é bem fácil, não tem desculpa dizer que não entendeu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s