Publicado em Literatura, Literatura Estrangeira

O Mapa do Tempo

No livro de Félix J Palma, O Mapa do Tempo (Intrínseca, 470 págs),  imaginação não falta, assim como também um excelente trabalho de pesquisa. Isso se dá porque o autor utiliza histórias já conhecidas, da ficção e da realidade, para contar a história de Andrew Harrington, a personagem principal desse livro, que envolve assassinatos reais com uma das melhores ficções já escritas.

Andrew é um jovem rico da Inglaterra do século XIV, que acaba se apaixonando por Marie Jeanette, uma prostituta da zona mais pobre e perigosa de Londres. Além de ser um amor proibido, acaba por acontecer em uma época turbulenta da história londrina, que está em pânico com diversos assassinatos de prostitutas da cidade pelo terrível Jack, o Estripador. Não há como esconder que a amada de Andrew se torna uma vítima de Jack, mas é com este pano de fundo que a história se desenrola.

Após passar oito anos remoendo essa dor, Andrew descobre que o livro A Maquina do tempo, do autor H G Wells (lançado naquela época) pode não ser somente ficção. Existe um modo de viajar para o futuro e saber o que irá acontecer com o mundo. Mas para Andrew seu desejo não é conhecer o futuro, mas sim mudar o passado. Mas fazer isso é extremamente perigoso e traz diversos questionamentos: podemos alterar o passado? Quais as conseqüências disso? A aventura começa com esse incrível pano de fundo, onde o próprio autor que desencadeou toda a idéia: H G Wells, aparece na história e pode passar a não ser mais o autor do livro.

A mistura de ficção com realidade pode, a principio parecer absurda, mas muito bem estruturada. O trabalho de pesquisa feito pelo autor pode ser conferido ao se pesquisar sobre os fatos reais que aconteceram. Eis Alguns:

Jack O estripador

Embora pareça surreal, realmente houve uma série de assassinatos a prostitutas na área de Whitechapel, local onde se passa parte da história. Prostitutas da região foram assassinadas brutalmente e vários órgãos retirados com precisão.

O nome Jack, o Estripador surgiu após uma carta escrita pelo suposto assassino, que assinou com este nome.

A última vítima de Jack foi uma prostituta chamada Marie Jeanette, que no livro é o amor da personagem e também a última vítima de Jack.

H G Wells

O autor H G Wells é considerado por muitos o pai da ficção cientifica. Seus livros fala de um futuro repleto de  tecnologias sofisticadas e até mencionou extra-terrestres. A Máquina do Tempo foi publicada em 1895, um ano antes do inicio dessa história.

A forma como o autor amarrou todas as informações com a história que se propôs a contar em O Mapa do Tempo, mostra a perfeição que  Félix J Palma escreve. Surpreende com a qualidade do texto e sua imaginação, apesar do desafio de colocar informações já conhecidas, o que pode provocar grandes tropeços, se não a destruição total de uma obra. O autor conseguiu não escorregar e acabou ganhando também o prêmio Ateneo de Sevilla pela obra.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

12 comentários em “O Mapa do Tempo

  1. Gostei muito da postagem.. gosto de livros de suspense.. Quanto ao Jack O Estripador, tem um filme do Johnny Depp muito bom que também mistura ficção com fatos confirmados.. como os assassinatos de prostitutas que você citou.. Chama “Do Inferno”

  2. Tem toda a Razao Menina Marta. Vou ja ali a baixo pedir desculpa a Mr. AEQ.Quanto ao Sandor Marai, va a confianca. Comece por um livrinho que, de irritante, so tem mesmo o facto de se ter transformado num pequeno fenomeno de moda: As velas ardem ate ao fim. E depois continue. Nem tudo esta tradizido mas tudo e bom. E se gostar continue pelo filao Hungaro e vai ver que nao se arrepende.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s