Publicado em Literatura, Literatura Estrangeira, Literatura Infanto-Juvenil

Sussurro (Hush Hush)

Esse livro vai fazer uma turma boa se interessar. Mas também não posso negar que vai deixar outros de cabelo em pé. Sussurro chegou essa semana às livrarias e antes mesmo do lançamento já estava criando alarde entre os antigos fãs de Crepúsculo já que á comparações de que são bem parecidos.

Bom, para alegria daqueles que não suportam mais ouvir falar de vampiros trago uma ótima notícia: Sussurro não tem nada disso graças a Deus (e aqui Deus vai entrar na história mesmo). A autora Becca Fitzpatrick foi esperta ao escrever essa série. Soube usar um tema quase nunca citado na literatura: Anjos e Nefilins.

O que são Nefilins

Nefilins, segundo a bíblia, são os filhos de mulheres humanas com anjos. São citados no livro de Genesis e 2º Pedro:

“Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus possuíram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama.” Genesis 06:04

“Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo” 2º Pedro 02:04

Pela leitura da bíblia, acredita-se que os Nefilins eram gigantes, mas não sabe-se se eram gigantes em estatura ou fala-se em outros aspectos. O nome Nefilim é usado somente em Genesis, mas citações de gigantes, como também eram considerados, existem por todo o Velho Testamento.

Os anjos que tomaram as mulheres acabaram sendo expulsos do céu e se tornaram os anjos caídos.

 A história

Uma história entre um garota e uma garota, é claro, não poderia faltar. Em Sussurro não seria diferente. Aqui a personagem Nora acaba tendo que trocar de parceiro na aula de biologia e acaba ao lado de um aluno que está há pouco tempo na escola. Patch é arrogante, cheio humor negro e aproveitando toda oportunidade que tem para dar em cima de Nora. A garota não confia nele por seu mistério e sua recusa de responder às perguntas. Mas ao mesmo tempo começa a se sentir atraída pelo jovem.

Ao mesmo tempo, a vida de Nora começa a se conturbar. Com a impressão de estar sempre sendo seguida e agressões acontecendo com seus amigos, a garota acredita que está enlouquecendo. Não sabe o que está acontecendo, mas vê somente uma coisa em foco: tudo começou a acontecer após conhecer Patch.

Preocupada e com medo de Patch estar por trás das coisas estranhas que andam acontecendo, ainda mais por ele sempre estar por perto onde ela esteja e sabe tudo sobre a jovem. Nora passa a buscar respostas e descobre coisas que não poderia acreditar: Patch não e humano. Mas o que seria: um nefilim? Um anjo caído? Ele quer matá-la ou só está mesmo querendo flertar com a jovem.

Sussurro VS Crepúsculo

Becca Fitzpatrick

 Existe um ponto que está quase idêntico ao livro: assim como em Crepúsculo, é feito um comentário sobre a cor do cabelo da personagem ser vermelho em determinado momento. Isso provavelmente faz referencia à Chapeuzinho Vermelho, clássica história que todos conhecemos, mas se baseando na versão original de Perrault. Essa comparação fica mais clara pelo livro A Psicanálise dos Contos de fadas, uma referência interessante e válida quando percebemos que Nora está sendo seduzida.

 “O vermelho é a cor que significa as emoções violentas, incluindo as sexuais. O capuz de veludo vermelho que a avó dá para Chapeuzinho pode então ser encarado como o símbolo de uma transferência prematura da atração sexual.”  (A Psicanálise dos Contos de fadas. Pág 186)

A história tem mistério, emoção.  São nesses pontos que Sussurro garante ao leitor seus melhores momentos, não dá pra largar o livro porque se quer saber o que está acontecendo. O ponto que faça os dois livros serem comparados seja o sobrenatural, o modo da escrita de Becca (que assim como Meyer usou a personagem feminina e em primeira pessoa).

Vale ressaltar que assim que religiosos pegarem nesse livro, poderá gerar discussão. O único livro que conheço que fala sobre o assunto é o do pastor Caio Fábio, que escreveu o romance Nephilim, há alguns anos. Ao falar de Nefilins muitos podem discordar da forma como a autora relata e não aceitar o romance por colocar adolescentes humanas com anjos. Mas é esperar para ver como a igreja irá se posicionar.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

40 comentários em “Sussurro (Hush Hush)

  1. Eu também espero para ver os comentários dos religiosos fundamentalistas sobre o livro.

    Quanto à resenha que você faz, achei muito interessante e bem escrita, inclusive sua fundamentação no livro de Bettelheim, que na minha opinão é uma referência no estudo da Literatura Infanto-juvenil.

    Gostei muito de seu blog! Parabéns e sucesso.

  2. Mais uma boa resenha! rsrsrs O meu já está separadinho na fila (lendo vários livros no momento. E já imagino que a igreja vá ser contra, como foi com Harry Potter, Crepúsculo e tantos outros!

  3. é, infelizmente, vc faz eu ler toneladas de livros juvenis rsrsrs

    e eu, em uma crise de abstinência, já estava atrás de um outro. Parece q esse vai ser o próximo. Empresta-me?? Vale uma saída ao cine. kkkk

  4. é, infelizmente, vc faz eu ler toneladas de livros juvenis rsrsrs

    e eu, em uma crise de abstinência, já estava atrás de um outro. Parece q esse vai ser o próximo. Empresta-me?? Vale uma saída ao cine. kkkk

  5. Fico meio com um pé atrás sobre Best Sellers e livros “da moda”, mas eu gostei do enredo desse. Compraria e leria. Já até vi nas prateleiras…

    O mais interessante, e algo que eu não conhecia, é a parte dos Nephilim.

  6. Oi Luciana.

    Que polêmica hein?rs. Interessante alguém tratar deste tema em um livro assim.
    Bom, acho que vai ser um pouco demorado pra achar este livro por aqui, mas assim que encontrar lerei.

    Boa resenha.

  7. Depois de ler Crepusculo, confesso que fico com um pé atrás em relação a essa história, afinal não gostei de Crepusculo e o simples fato de haver uma comparação entre as histórias, já me desanima, mas como não gosto de criticar sem antes provar, quando tiver um tempo e o livro em mãos irei ler, e assim chegar a minha propria conclusão… mesmo já imaginando qual será.

  8. Maiis um crepúsculo com a história mudada.. para mim ao menos já está saturada a paciência com esse tipo de romance de menininha.. onde estão os épicos xD, aventura guerras medievais ?!?!

  9. Adorei a resenha lu, o lançamento do livro foi hoje aqui em recife, na saraiva. Não pude ir, mas dizem que foi um sucesso!
    Acho que que vou ler, rs;D

  10. Ola, passei pra avisar que terminei de ler esse livro terça e e alegrei muito com esse livro, muito bom e agradeço por nao lembrar de vampiros apesar das partes da aula de biologia e alguns detalhes minimos, um livro que é tem mais misterio que a saga crepusculo, concerteza é bem melhor, e olha que eu ja li a saga crepusculo 6 vezes em parar : ) nao vejo a hora de sair o segundo livro da saga ,pena que talvez demore ate o ano quivem : CC enquanto nao chega nas livrarias, vou ler algum de vampiros pra variar : DD

  11. Amei o livro e quero um Patch pra mim!
    Eu sempre quis ser chamada de “anjo”…foi um susto quando eu vi isso.

    Valeu pela dica…quero o Crescendo também!

    OBS: A leitura é de entretenimento e tudo o mais, mas é bem legal, diverte muito e a hora voa.

  12. Oi.. adorei a resenha! Já comprei o livro pela net; deve chegar essa semana… E em relação ao que você disse sobre a igreja: eu sou evangélica e te afirmo que do meu ponto de vista eu não vejo problema algum em romances sobrenaturais. Apesar de vampiros serem criaturas demoníacas e anjos caídos serem demônios, eu sei diferenciar realidade e fantasia! Portanto posso ler o que for; não vou tomar os ideiais de um romance para minha vida. E se seu alvo for verdadeiramente Cristo, você saberá separar as coisas. Ou, simplesmente, é melhor não ler. Beijos.

    Larissa – Letras do infinito.

  13. Fico muito feliz em ver que existem cristãos que sabem diferencia ficção de realidade. Afinal, Cristo não vai nos punir por ler, mas sim pelos nossas convições e ações.

    Vc vai gostar muito do livro e depois esperar igual eu pela continuação.

  14. Depois dos vampiros, parece que os anjos estão chegando para tomar conta da literatura. Estou curiosa para ler esse livro, está na milha lista de comprar. Adoro livros de série, e essa será mais outra que irei ler.

  15. Me desculpe, mas parece que vc não leu Crepúsculo, pois achei os dois livros praticamente iguais. A primeira vez em que se falam é no laboratório de biologia, ela não quer gostar dele, pois ele tem algo sombrio e parece que esconde algo… ela nunca se interessou por mais ninguém antes, a descrição de carro “enferrujado”, as decrições que ela faz dele são identicas as de Bella à Edward. O modo que o livro vai decorrendo é identido, a autora parece que quis mudar alguns detalhes só pra não ficar tão igual! Só porque não tem vampiros não quer dizer que não é semelhante. Cópia!!

  16. explendido finalmente alguém escreve uma historia relaçionada a anjos .confesso que eu fiquei empolgado para ler esse livro.pois se eu pudesse ser um anjo seria a coisa mais emoçionante da minha vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s