Publicado em Literatura

Loteria

“Loteria” conta a história de Perry S. Crandall, um jovem de 31 que nasceu com um leve retardo mental que desde cedo o forçou a lidar com o preconceito e a rejeição da maioria das pessoas, até mesmo de seus pais e irmãos, ao mesmo tempo em que com a ajuda e o amor da avó ele superava suas dificuldades. Apesar de seus problemas ele era uma pessoa alegre, tinha o apoio de seu grande amigo Keith, e um emprego que gostava. As coisas começam a mudar quando a avó de Perry morre e seus parentes o deixam à própria sorte após venderem a casa que morava com a avó. Mas tudo muda drasticamente quando ele ganha 12 milhões de dólares na loteria.

Esse é pano de fundo que a autora Patricia Wood escolheu para construir sua história e mostrar que paradoxalmente o dinheiro não enriquece de fato uma pessoa. O próprio pai da autora já ganhou na loteria, o que ela disse não ter mudado a vida dele totalmente para melhor. Ela também foi professora de estudantes com desafios mentais e um ex-cunhado seu tinha síndrome de Down.Todas essas experiências serviram de inspiração para o livro.

Ao contrário do que geralmente se costuma pensar a vida de um milionário não é assim tão fácil e tranquila. Perry agora rico vive sendo importunado pelos parentes gananciosos e por desconhecidos que querem seu dinheiro. Ele também constatou sem compreender muito bem que somente passou a ser visto e considerado pelas pessoas por causa do que tinha e não por causa do que era. Nisso toda a distorção de valores presentes em nossa sociedade vai transparecendo nas diversas situações mostradas ao longo do livro.

Qualquer pessoa que ficasse rica de repente enfrentaria os mesmos problemas que o personagem enfrentou. Situações como saber identificar quem se aproxima por puro interesse, e ainda ter de lidar com a bajulação e a falsidade das pessoas se deixar afetar. Mas para alguém puro como Perry, tudo isso seria mais difícil por causa de seu modo ingênuo de ser, ou será que na verdade devido a sua pureza era mais fácil para ele lidar com todas essas questões?

O mais relevante na história é como fica claro que Perry não era rico e porque ganhou 12 milhões de dólares na loteria. Era rico porque tinha outro tipo de tesouro. Com exceção de uma tevê enorme e uma viagem para o Havaí com seu melhor amigo Keith, entre outras coisas, o dinheiro pouca coisa pôde dar a ele. O que ele tinha de mais valioso foi dado por quem ele amava, assim como o que de mais valioso que ele podia dar aos outros não era seu dinheiro.

Imersos numa cultura com valores tão cruéis como a nossa, o livro nos ajuda a fazer uma pausa para pensarmos no que de fato tem sido nossa riqueza, além de nos fazer questionar se de fato o dinheiro tem o poder de nos fazer verdadeiramente mais afortunados. Refletir sobre essas questões é um exercício necessário e urgente nos dias de hoje. E com certeza refletir sobre essas questões pode mudar nosso modo de ver a vida e acrescentar mais beleza e gratidão ao nosso cotidiano.

Título: Loteria
Autor: Patricia Wood
Editora: Publicado no Brasil pela Reader’s Digest Seleções de Livros.

Autor:

Uma jovem que estuda, trabalha e respira literatura. E sempre que possível está aqui para dar dicas de livros via internet.

13 comentários em “Loteria

  1. gostei da sinospe. Apesar de cliche, parece mais sensivel quando vemos que a pessoa nao está ligada aos atributos de ser rico. Só quer ter sua vida. E em qualquer lugar tem aqueles que querem se aproveitar. Infelizmente a vida está cheio deles

  2. Precisamos de histórias que amplie nossa perspectiva de mundo. Vemos tudo muito sob viés dos bastidores…falta chegar à essência das coisas.

    Beijos

  3. O começo da história me lembrou um filme que vi esses dias, Adam, um rapaz que tem uma espécie de autismo e, aos 29, fica completamente órfão, em meio à selva que são as ruas de Nova York. Até que ele vai se abrindo ao conhecer sua vizinha Beth. Fala muito dessa coisa da inocência, do ser feliz.

    E realmente ser feliz não é ser rico, para os sãos ou não. Mas eu não me importaria de ganhar 12 milhões…

    O livro me pareceu muito interessante!

  4. Resenhas de livros? Adoro. Sou fanática por leitura, e sempre procuro novos livros para ler. Visitarei seu blog periodicamente para ter novas sugestões. Esse parece ser um livro para nos fazer refletir, afinal vivemos em uma sociedade onde muita gente acha que dinheiro é sinônimo de felicidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s